Djokovic domina Federer e vai em busca do oitavo título no Australian Open
Foto: Divulgação/ATP

Com vitória em sets diretos com parciais de 7/6(1), 6/4 e 6/3, o #2 Novak Djokovic venceu o 50º encontro com o #3 Roger Federer e está na final do Australian Open pela oitava vez em sua carreira. O sérvio perdeu apenas uma parcial durante o torneio. Caso seja campeão, Djokovic voltará para a liderança do ranking na próxima atualização.

Djokovic e Federer se enfrentaram pela 50ª vez e conta com vantagem do sérvio por 27 a 23. A última vez que o suíço venceu uma partida de Grand Slam em cima do cabeça de chave número dois foi em 2012 quando se enfrentaram na semifinal de Wimbledon.

Na primeira parcial, Federer teve a chance de abrir 5/1 no placar e sacar para o set. Desperdiçando as três oportunidades, sacou em 5/2 e teve seu serviço quebrado de zero. Com cada tenista confirmando seu saque, a primeira série foi definida no tiebreak. Djokovic logo conquistou um mini break e abriu 3-0 no game decisivo. O suíço, por sua vez, confirmou seu serviço apenas uma vez e viu o sérvio vencer por 7-1.

Mais agressivo, o tenista suíço disparou 26 bolas vencedoras e 19 erros não-forçados, contra 10 e 11 respectivamente. Apesar disso, Djokovic, conhecido por ser um dos melhores devolvedores de saque da história, conseguiu vencer 65% dos pontos com o segundo saque do cabeça de chave número três.

Apenas uma quebra no segundo set e uma no terceiro foram suficientes para o sérvio vencer a partida em 2h18. Cometendo sete erros não-forçados nas últimas duas séries, Djokovic teve mais facilidade para vencer as respectivas séries.

Federer chegou à semifinal alegando lesão na virilha. Após a partida, Djokovic do torneio comentou que respeita muito o suíço por ter ido jogar já que o mesmo está lesionado e nem perto de estar no seu melhor desempenho em relação à movimentação.

Com esta vitória, Djokovic alcançou a marca de ter vencido todas as quatro semifinais (2008, 2011, 2016 e 2020) em que disputou contra Roger no Melbourne Park. Além disso, o sérvio venceu 42 partidas das últimas 44 que participou em Grand Slam.

Djokovic enfrentará um finalista inédito do Major australiano: o vencedor entre o #5 Dominic Thiem e o #7 Alexander Zverev, que se enfrentam nesta sexta-feira (31), às 5h30.

VAVEL Logo