Opelka critica administração da ATP durante quarentena: “Não
dava para ser pior”
Foto: Divulgação/ATP

O norte-americano #39 Reilly Opelka não está nada satisfeito com a maneira que a ATP está administrando o circuito durante o período de quarentena. Em entrevista à revista “Racquet Magazine”, o tenista condenou a administração por deixar apenas para os próprios jogadores a responsabilidade de ajudar uns aos outros.

Aos 22 anos, Opelka já é hoje top 40 e uma das estrelas em ascensão no tênis estadunidense. O atleta inclusive foi um dos primeiros a retornar às quadras após a paralisação. Um evento exibição com portões fechados aconteceu nos Estados Unidos entre os dias 8 e 9 de maio, com o norte-americano se sagrando campeão.

O circuito, porém, ainda não retomou seu calendário oficial. Nesta última sexta-feira (15), 13 torneios (oito da ATP e cinco da WTA) que seriam disputados até julho foram suspensos, inclusive.

Enquanto isso, um fundo de apoia aos atletas recebe contribuição de muitos tenistas para tentar ajudar aqueles que mais precisam neste momento sem competição. Porém, para Opelka, a ATP deveria se responsabilizar por essa questão e não deixar apenas nas mãos dos próprios jogadores.

Os tenistas forem deixados no escuro. Ainda não vi nenhum executivo da ATP fazer qualquer corte salarial ou nos seus rendimentos. Vários membros executivos da WTA fizeram isso e, assim, todas as jogadoras receberam como se tivessem jogado a primeira rodada de Indian Wells. (...) Estamos passando a imagem de que os membros da ATP vão ganhar mais dinheiro em 2020 do que os prêmios por participação do Roger Federer

Opelka esclareceu que ainda assim apoia o fundo de jogadores neste momento.

Os jogadores jamais deveriam ter de se ajudar uns aos outros. Porém, tendo em conta como as coisas estão, talvez seja necessário. Parece que é a única esperança para alguns tenistas e por isso decidi ajudar

O norte-americano aproveitou para comentar que o atual cenário de quarentena ressalta ainda mais alguns grandes problemas que há na administração do tênis mundial.

Há muitas coisas que estão erradas no tênis; os direitos televisivos, por exemplo, são caóticos. Os jogadores não têm liberdade; eu sou multado toda vez que bebo um Red Bull em quadra. Não podemos usar logos grandes... não podemos fazer nada. A desculpa é sempre de que somos um esporte de cavalheiros. O golfe é muito mais um esporte de cavalheiros do que o tênis e os jogadores por lá atualmente parecem estrelas da Nascar tal é o tamanho dos símbolos dos patrocínios em suas camisas

VAVEL Logo