Djokovic é mais um tenista confirmado com Covid-19 após participação em torneio beneficente
Foto: Divulgação/ATP

No último fim de semana, dois jogadores que participaram da etapa do Adria Tour, em Zadar, na Croácia, testaram positivo para coronavírus: Grigor Dimitrov e Borna Coric. Organizador do evento, o #1 Novak Djokovic anunciou, nesta terça-feira (23), que também está infectado.

O sérvio anunciou a contaminação por um documento no site oficial do atleta, em inglês. Jelena, esposa do atleta, também está infectada. Os dois filhos do jogador, porém, estão livres do coronavírus. O próprio Djokovic anunciou que ficará 14 dias isolado em Belgrado, capital do país-natal. O comunicado informou que ele estava assintomático.

O documento também fala sobre que o Adria Tour "queria unir e espalhar uma mensagem de solidariedade e compaixão pela região" e também explica o momento de realização do torneio, que foi muito criticado por não obedecer as regras de segurança, nem na etapa da Sérvia, nem na Croácia.

"Organizamos o torneio no momento em que o vírus enfraqueceu, acreditando que as condições para sediar o Tour haviam sido cumpridas. Infelizmente, esse vírus ainda está presente, e é uma nova realidade que ainda estamos aprendendo a lidar", afirma o comunicado.

Desde quando foi anunciado, o Adria Tour causou uma série de críticas por aglomerar pessoas. Todos os comentários  foram rebatidos pelos organizadores, que declararam que a situação na região dos Balcãs (onde foram realizadas as etapas do torneio) estava controlada. A terceira etapa, que seria em Montenegro, foi cancelada há duas semanas, porque o governo do país estava insatisfeito com a falta de medidas de segurança das outras etapas.

VAVEL Logo