Após longa batalha, Carreño Busta vence Shapovalov e avança à semifinal do US Open
Foto: Simon Bruty/USTA

Na madrugada desta quarta-feira (8), o #27 Pablo Carreño Busta se classificou para sua segunda semifinal de Slam na carreira - a primeira foi também em Nova Iorque, em 2017. Após avançar com a desqualificação de Djokovic na última rodada, o ex-top dez derrotou o #17 Denis Shapovalov em uma grande batalha de 4h08, com parciais de 3/6, 7/6(5), 7/6(4), 0/6 e 6/3 e está entre os quatro melhores do US Open.

No primeiro set, o jovem canadense começou com uma intensidade muito alta, sem cometer muitos erros não forçados. Mesmo o espanhol tendo conseguido quebrar o saque do Shapovalov, o canadense devolveu a quebra no game seguinte e conseguiu mais uma quebra no oitavo game e fechou o set em 6/3.

No segundo set, Shapovalov não conseguiu ser tão regular quanto no primeiro set e cometeu um total de 25 erros não-forçados, contra oito do espanhol. Carreño Busta conseguiu quebrar o saque do canadense logo no segundo game, mas o canadense devolveu a quebra no game seguinte. O mesmo aconteceu nos dois games posteriores, daí em diante o jogo seguiu empatado até o tiebreak onde o ex-top dez levou a melhor e venceu o set.

Shapovalov seguiu muito inconstante no terceiro set e novamente cometeu muitos erros não forçados que custou o set, dessa vez foram 27 contra nove do espanhol. Carreño Busta conseguiu quebrar o saque do rival no quinto game, mas o canadense não se entregou e empatou o set devolvendo a quebra no oitavo game e levou a decisão para o tiebreak de novo.

Shapovalov conseguiu uma boa vantagem e abriu 4-3 e iria sacar duas vezes, mas o espanhol buscou o tiebreak e e fechou em 7-4 abrindo dois sets a um.

No quarto set, Shapovalov conseguiu implantar a intensidade que teve no primeiro set e não deu chances ao espanhol. O canadense não perdeu ponto nos seus games de saque e quebrou o espanhol três vezes, fechando o set em 6/0. Ao fim do set, Carreño Busta solicitou a parada médica, alegando dor nas costas.

Depois que o médico saiu, o jogo recomeçou e Carreño Busta voltou a sacar bem e confirmar seus games de saque. O espanhol venceu 93% dos pontos jogados com o primeiro serviço e manteve a regularidade nos games de saque do Shapovalov, onde conseguiu quebrar o canadense no sexto game e assim manteve a vantagem até o fim para vencer a partida após mais de quatro horas. 

Em busca de sua primeira final na carreira, Carreño Busta enfrenta o alemão #7 Alexander Zverev, que derrotou #32 Borna Coric em quatro sets.

VAVEL Logo