Azarenka reage após início ruim, vira contra Serena e chega à final do US Open
Foto: DIvulgação/US Open

A grande fase da #27 Victoria Azarenka continua em Nova Iorque. Em mais um duelo de mamães no torneio, a bielorrussa venceu uma de suas maiores algozes da carreira, a americana #8 Serena Williams nas semifinais do US Open nesta quinta-feira (10). Azarenka venceu pela Williams pela quinta vez em 23 confrontos: dois sets a um, de virada, parciais de 1/6, 6/3 e 6/3, em 1h53.

Com um primeiro set muito abaixo do que se espera, Azarenka acabou dominada pela adversária, que foi paciente e eficiente em fazer os pontos. Serena conquistou quase 90% dos pontos tentados em seu primeiro serviço e fechou em 6/1, com 12 winners.

A partir da segunda parcial, Azarenka voltou a mostrar bom nível e equiparou as ações com as de Serena. A bielorussa conquistou pôr em quadra seu primeiro serviço e ainda forçou duas quebras de serviço para fechar o set em 6/3.

O placar do segundo set foi repetido no terceiro. Serena chegou a parar o jogo e precisou de atendimento médico no segundo game, mas voltou apresentando boas condições físicas. Mesmo assim, Azarenka conseguiu abrir 3/0 no placar. A vantagem construída foi mantida pela ex-número do mundo, que fechou a parcial e o jogo em 2 a 1.

Antes, no mesmo US Open, em 2012 e 2013, Serena havia batido a rival nas finais, conquistando seguidamente dois de seus 23 títulos de Grand Slam.

Com uma sequência de 11 vitórias seguidas, Azarenka consegue voltar a uma final de Slam após sete anos. Ela vai enfrentar a japonesa #9 Naomi Osaka, que vem de vitória sobre a #41 Jennifer Brady. Esta também foi a decisão do WTA de Cincinnati há duas semanas, que não aconteceu por causa de uma lesão da japonesa. A decisão acontece no sábado (12).

VAVEL Logo