Stephens cai para Hibino na estreia do WTA de Strasbourg
Foto: Divulgação/WTA

A zebra, embora seja um animal da savana africana, já passeou na margem do Reno. Logo na primeira rodada do WTA de Strasbourg 2020, a #83 Nao Hibino venceu a #33 Sloane Stephens nesta segunda-feira (21).

A peleja, vencida pela japonesa por dois sets a um, parciais de 6/2, 3/6 e 6/1 teve uma série de quebras de serviço nos dois primeiros períodos. No decisivo, apenas a norte-americana perdeu games - o que se mostrou decisivo no cômputo geral da peleja. Stephens só venceu três partidas oficiais em dez torneios no ano - caiu na primeira rodada em oito deles.

Quebras e mais quebras

O primeiro game da peleja foi um indicativo do que viria. Com Stephens sacando, Hibino sagrou-se vencedora - e dobrou a vantagem no game seguinte, em uma raríssima confirmação de serviço.

Nos cinco games seguintes, cinco quebras consecutivas. Com o primeiro set em 5/2, a japonesa sacou para vencer o período - e fechou: 6/2. 

O segundo set começou de uma maneira diferente. Stephens confirmou o primeiro game e quebrou o saque de Hibino no segundo. A dinâmica que não mudou foram os longos períodos de games com serviços quebrados: foram sete consecutivos. Destaque para o terceiro game, com onze pontos (incluindo seis break points) e vitória da japonesa. Stephens, porém, sobreviveu e fez 6/1.

Pontos e confirmações

O terceiro set foi bem diferente dos dois primeiros. Em sete games, foram apenas dois serviços quebrados - ambos de Stephens. E isso foi fundamental para o resultado final do cotejo: a cabeça de chave oito teve os dois primeiros serviços (o segundo e o quarto no geral) quebrados.

Também vale destacar o quarto (novamente) e o sexto games. Ambos foram disputadíssimos, com onze pontos em cada. No primeiro citado, como já dito, vitória de Hibino; no segundo, Stephens reagiu e venceu.

Foi, por sinal, o único game vencido por Stephens. Hibino fez 6/1 no set decisivo e avançou. 

O que vem por aí

Na segunda rodada do WTA de Strasbourg 2020, Hibino encara #72 Zarina Diyas, que vendeu partida de mais de três horas sobre a #81 Christina McHale.

VAVEL Logo