Pliskova tem trabalho, mas supera estreante Sherif em Roland Garros
Foto: Julien Crosnier/FFT

Com muito mais dificuldade do que se previa, a #4 Karolina Pliskova superou a qualifier #172 Mayar Sherif na primeira rodada de Roland Garros. Disputando sua primeira chave principal de Slam na carreira, a egípcia venceu o primeiro set, mas acabou levando a virada. Pliskova fechou o jogo em 6/7(9), 6/2 e 6/4, em 2h16, nesta terça-feira (29).

O primeiro set não teve nenhum break point até o décimo game, quando Pliskova teve três chances para quebrar e fechar o set, mas Sherif salvou. Na sequência, a egípcia conseguiu a quebra e se colocou em condição de sacar para a parcial, mas não conseguiu confirmar o serviço.

Mesmo assim, ela se manteve firme. Pliskova teve cinco set points no longo tiebreak, que teve cinco mini-quebras em 20 pontos. Após salvar oito chances da tcheca de fechar o set no total, Sherif aproveitou a sua segunda e fez 7/6(9), em 57 minutos.

O segundo set começou com três quebras seguidas, e Pliskova saiu na frente a partir disso. Ela embalou para abrir 5/1 e, perdendo apenas um ponto no saque em suas últimas três passagens de serviço, fez 6/2, em 29 minutos.

Sherif se manteve no jogo na terceira parcial. Ela não conseguiu nenhum break point, com Pliskova subindo seus números de aproveitamento no serviço, mas se manteve viva no jogo com variação e tentando alongar mais os pontos para dificultar a vida da cabeça de chave dois. No sétimo game, o mais longo da partida, a tcheca conseguiu a quebra decisiva após ter seis break points. Ela continuou seu ritmo no saque e fechou o jogo com um ace: 6/4, em 50 minutos.

Na segunda rodada do Aberto da França, Pliskova encara a campeã de 2017, a #43 Jelena Ostapenko, que venceu rápido na estreia a #77 Madison Brengle, parciais de 6/2 e 6/1.

VAVEL Logo