Swiatek vence Trevisan com tranquilidade e é semifinalista em Roland Garros
Foto: Divulgação/WTA

Em uma competição de qualquer esporte, é natural que muitos torçam para as "zebras" - ou seja, os competidores que não são tidos como favoritos. Nesta terça-feira (6), um dos jogos válidos pelas quartas de final de Roland Garros foi um prato cheio.

O duelo em questão colocava, frente a frente, a polonesa #54 Iga Swiatek e a italiana #156 Martina Trevisan, que veio do qualifying. Melhor colocada no ranking da WTA, a polonesa de 19 anos impôs o ritmo de jogo e venceu por dois sets a zero, parciais de 6/3 e 6/1, em 1h20.

Reação

Embalada por grande vitória sobre a #2 Halep, Swiatek teve os primeiros saques da partida e, pasmem, teve o serviço negado por Trevisan. E a vantagem da italiana consolidou-se por um período relativamente longo: até o sexto game, quando a polonesa devolveu a quebra registrada no primeiro momento da partida.

Com tudo empatado, Trevisan rateou novamente no oitavo game, quando teve o saque novamente quebrado. Para fechar o set, porém, Swiatek sofreu: precisou de 11 pontos (e dois break points) para finalizar em 6/3.

Quebras e mais quebras

Foram disputados sete games no segundo set. O período registrou a incrível marca de cinco games com serviços quebrados. A começar pelo primeiro, quando Trevisan mostrou que dificilmente teria forças para reverter o domínio da polonesa.

Na segunda vez que a italiana sacou, nova quebra - e o segundo set já apontava 3/0 para Swiatek. Mesmo com o serviço negado da polonesa (e Trevisan marcando o único game no segundo set), não foi suficiente para que a italiana reagisse. No fim, vitória da polonesa por 6/1.

O que vem por aí

Em uma semifinal absolutamente improvável, duas tenistas que nunca chegaram tão longe em um Slam se enfrentam. Swiatek enfrentará a argentina #131 Nadia Podoroska, primeira qualifier na históra nas semifinais do Aberto da França, que vem de vitória surpreendente sobre a #5 Elina Svitolina.

VAVEL Logo