Djere vence equilibrada final da Sardenha contra Cecchinato
Laslo Djere venceu Marco Cecchinato no ATP da Sardenha 2020 (ATP/Divulgação)

No tênis, um set que dura uma hora costuma chamar atenção por ser longo. Quando dois períodos de uma mesma peleja chegam próximos de tal número, há um claro sinal de que a partida foi bastante equilibrada. E tal situação aconteceu neste domingo (18), na final do ATP da Sardenha 2020.

Na decisão, o sérvio #53 Laslo Djere teve a felicidade de vencer os dois sets contra o dono da casa, a #77 Marco Cecchinato, em longas 2h16, neste domingo (18). De quebra, o sérvio conquistou o segundo título na carreira - o primeiro foi o Rio Open 2019.

Começo nervoso

Os dois primeiros games da partida tiveram uma curiosidade: ambos tiveram serviços rejeitados pelos rivais. Cecchinato começou tomando o revés, enquanto, na sequência, Djere não confirmou o serviço. Dali para frente, porém, todos os saques foram confirmados - com destaque para o sétimo, com nove pontos.

No tie-break, Djere conseguiu rejeitar os dois primeiros saques de Cecchinato. O confortável 4-0 foi o suficiente para que o sérvio se mantivesse até fechar o período em 7-3 - e com 7/6 na parcial, em 58m.

Achou muito?

O segundo set foi ainda mais longo: 1h18. E há uma explicação para isso: os longos games e o tom dramático que o período reservou. Logo no primeiro game, 11 pontos. No segundo, Djere quebrou o saque de Cecchinato. O italiano retribuiu a situação logo na sequência, precisando de treze pontos para isso.

Mais uma série de games longos e quebras começou no quinto momento. Primeiro, o italiano tomou a vantagem na peleja. Depois, em 19 pontos, Djere voltou a igualar a contagem. Até a final do set, tivemos mais dois games com nove pontos: o sétimo e o décimo.

O 12º game marcou a vitória de Djere. Já vencendo por 6/5, ele precisava quebrar o saque de Cecchinato para confirmar a vitória. E foi isso que o sérvio fez, em sete pontos.

VAVEL Logo