Humbert vence de Minaur e conquista segundo título de 2020 na Antuérpia
Ugo Humbert venceu Alex de Minaur no ATP da Antuérpia 2020 (ATP/Divulgação)

Quando 2020 começou, tudo levava a crer que uma das grandes revelações do mundo do tênis no ano seria #39 Ugo Humbert. A pandemia, entretanto, fez com que o francês tivesse uma parada forçada no bom início de ano. No ATP de Antuérpia 2020, o atleta voltou a conquistar um torneio - o primeiro desde janeiro, quando venceu o Auckland Open.

Finalizado neste domingo (25), o francês venceu, em dois sets, o australiano #29 Alex de Minaur. Os períodos do jogo, por sinal, foram muitíssimo diferentes.

Passeio

Antuérpia é conhecida como o maior centro mundial de diamantes da Terra. Por conta disso, é justo dizer que muito do turismo na cidade belga está ligada, de alguma maneira, à pedra preciosa. No primeiro set, o francês poderia aproveitar algumas das atrações da cidade. Tudo por conta da atuação valiosa.

De três saques, Minaur confirmou, apenas, um - no quarto game. Naquele instante, porém, o jogo já estava 3/1. E, dali para frente, Humbert não perdeu mais um momento sequer, fechando a peleja em 6/1.

Alguns games merecem destaque. O terceiro só foi vencido após sete pontos. O quinto, em nove. O sexto foi, de longe, o mais disputado. Em dezessete pontos, o francês, de novo, quebrou o saque do adversário.

Equilíbrio

Depois do primeiro período, Minaur, enfim, entrou no jogo. E protagonizou um set bem distinto do anterior.

Não houve quebras de serviço antes do tie-break. Os games do período, por sinal, foram muito mais curtos. O que teve mais pontos foi o nono, com sete pontos. Dos doze momentos, sete tiveram "apenas" cinco pontos. 

O tie-break, entretanto, foi completamente diferente. Em onze pontos, foram oito saques sem confirmação. Quebrando cinco vezes o serviço do adversário, Humbert fechou o set em 7/6 - e conquistou o torneio.

VAVEL Logo