Humbert vence jogo de mais de três horas e elimina Tsitsipas em Paris
Foto: Divulgação/Rolex Paris Masters

Após folga na primeira rodada, o #5 Stefanos Tsitsipas foi eliminado em sua estreia pelo #34 Ugo Humbert no Masters 1000 de Paris nesta terça-feira (3) em jogo longo de 3h16 e três tiebreaks. O francês vem de grande fase no circuito após ter se consagrado campeão do ATP 250 da Antuérpia há 10 dias.

Apesar de ter sido eliminado, Tsitsipas está com presença garantida no ATP Finals, torneio em que foi campeão na última edição, que ocorrerá entre os dias 15 e 22 de novembro em sua última edição em Londres. Além do grego, estão classificados Novak Djokovic, Rafael Nadal, Dominic Thiem, Daniil Medvedev, Alexander Zverev e Andrey Rublev. A última vaga ainda está aberta e conta Diego Schwartzman e Matteo Berrettini na disputa.

Esta foi a segunda vitória de Humbert em cima de um tenista do top 10. A primeira ocorreu nesta temporada também durante o ATP 500 de Hamburgo quando o francês venceu Daniil Medvedev em sets diretos.

"Eu estou muito feliz, muito orgulho de mim mesmo. Eu estive mentalmente muito forte para vencer esta partida contra Tsitsipas, um dos melhores jogadores do mundo", comentou Humbert após a partida.

"Ele estava criando muitas oportunidades com seu forehand e fazendo muito estrago ali. Seu saque estava muito consistente. Apesar de ter tido oportunidades onde ele sacava com o segundo serviço e eu poderia chegar mais agressivo, não aparentou ser tão fácil quanto eu tinha planejado em minha cabeça", analisou Tsitsipas.

O grego chegou a ter 3/0 na primeira parcial e salvou três match points no segundo set, mas contou com Humbert disparando 46 bolas vencedoras para garantir sua vaga na próxima rodada. Na última edição do evento, Stefanos chegou às quartas de final perdendo em sets diretos para Novak Djokovic enquanto o tenista canhoto da casa perdeu de virada na segunda rodada para Grigor Dimitrov.

Em sua próxima rodada no Rolex Paris Masters, enfrentará o croata #43 Marin Cilic pela primeira vez na carreira. Cilic avançou às oitavas de final sem entrar em quadra, já que seu adversário, o #75 Corentin Moutet, testou positivo para Covid-19.

VAVEL Logo