Número 29 do mundo, Dayana Yastremska é suspensa por doping
Foto: Divulgação/WTA

Uma das maiores promessas do tênis mundial, a ucraniana #29 Dayana Yastremska, de 20 anos, está suspensa de forma provisória após ter testado positivo em um exame antidoping. A confirmação foi divulgada pela Federação Internacional de Tênis (ITF).

Segundo a ITF, Yastremska testou positivo para metabólito de mesterolona, um esteroide anabolizante utilizado para diminuir os níveis de testoterona. A substância foi encontrada em um teste realizado fora do período de competição, em 24 de novembro de 2020. O esteroide é proibido pela Agência Mundial Antidoping (Wada).

A ucraniana está suspensa a partir desta quinta-feira (7), sem previsão de retorno por enquanto. Yastremska tem o direito de recorrer da decisão, mas, de acordo com a ITF, ainda não o fez.

Yastremska atingiu o melhor ranking da carreira em janeiro de 2020, quando era a 21ª melhor jogadora de tênis do mundo. A ucraniana já venceu três torneios do circuito WTA - em Hong Kong 2018 e Hua Hin e Strasbourg 2019.

"Atônita e em choque", diz Yastremska

Em comunicado divulgado em suas redes sociais, Yastremska afirma que nunca utilizou substâncias proibidas e que está "atônita e em choque" com o teste positivo.

Ela afirma que, no dia 9 de novembro, 14 dias antes do teste positivo, fez um exame durante o WTA de Linz, na Áustria, que deu negativo para qualquer substância.

A tenista afirma que recebeu conselho científico de que a quantidade que foi encontrada no seu sistema pode ter sido causada por uma contaminação. Yastremska afirma que está trabalhando com seu staff para "fazer tudo para limpar seu nome".

VAVEL Logo