Djokovic sofre fisicamente, mas bate Fritz em cinco sets e segue no Australian Open
Foto: Divulgação/ATP

Atual campeão, o #1 Novak Djokovic superou os problemas físicos e venceu o #31 Taylor Fritz na terceira rodada do Australian Open 2021. Djokovic fechou a partida em três sets a dois, parciais de 7/6(1), 6/4, 3/6, 4/6 e 6/2, em 3h27, na Rod Laver Arena, quadra principal do complexo em Melbourne. O confronto desta sexta-feira (12) foi o terceiro entre os dois, com a terceira vitória do sérvio.

Número um abre vantagem

A partida nunca esteve tranquila para Djokovic. No primeiro set, ele chegou a abrir 5/2 e sacou para o set em 5/4, mas foi quebrado no quarto break point que enfrentou. Fritz se segurou e forçou o tiebreak, mas aí passou a errar demais. O sérvio abriu logo 6-0 e fechou na sequência em 7/6(1), após 54 minutos.

Na segunda parcial, Djokovic melhorou o seu aproveitamento de saque e só enfrentou dois break points, salvos no oitavo game. Os dois melhoraram muito a relação de winners e erros não-forçados no set, mas o sérvio conseguiu segurar a quebra que conseguiu no primeiro game e fechou em 6/4, após 48 minutos.

Djokovic sofre fisicamente, e Fritz reage

No terceiro set, foi a vez de Fritz dominar no saque. O estadunidense só perdeu quatro pontos no serviço em toda a parcial e não enfrentou nenhum break point. Além disso, ele somou 17 winners e somente três erros não-forçados, contra cinco e dez de Djokovic, respectivamente. O sérvio salvou os dois primeiros break points no segundo game, mas, no momento crucial no oitavo game, não conseguiu resistir. Fritz então fechou em 6/3, após 39 minutos.

No intervalo para a quarta parcial, Djokovic recebeu atendimento na região abdominal, tratamento que continuou no decorrer do set.

Durante a parcial, a quadra também precisou ser evacuada, pois o estado de Victoria decretou lockdown a partir da meia-noite. 

Com problemas físicos, Djokovic tentou encurtar os pontos, e sofreu com dores em alguns momentos no saque e nos ralis. Nos dois primeiros games de saque, ele cedeu chances para Fritz quebrar e, no terceiro game, o estadunidense converteu a chance que teve. A partir daí, os pontos e games foram rápidos, e o cabeça de chave 27 garantiu a parcial em 6/4, após 37 minutos.

Djokovic se impõe e prevalece

Aparentemente com dores que nos sets anteriores, Djokovic melhorou seus números no saque, com apenas cinco pontos perdidos nesta situação e 73% dos primeiros serviços colocados em quadra. O sérvio não enfrentou nenhum break point, e o set esteve equilibrado até o sexto game, quando Fritz acabou sendo quebrado no primeiro bp que cedeu.

Em sua próxima passagem no saque, Fritz sacou em 2/5, chegou a salvar um match point, teve game point, mas não se segurou, e Djokovic comemorou aliviado a vitória em cinco sets. A última parcial durou apenas 28 minutos.

Fritz teve dez winners a mais - 62 a 52 -, e também oito erros não-forçados a menos - 45 a 53. No total, Djokovic venceu apenas dois pontos a mais na partida - 157 a 155. O estadunidense teve 24 a 15 em aces e uma dupla falta, conta cinco do sérvio, mas, mesmo assim, saiu de quadra derrotado.

O que vem por aí

Na próxima rodada, Djokovic enfrenta o #14 Milos Raonic, que vem de vitória em quatro sets sobre o #55 Martón Fucsovics. O sérvio venceu todos os 11 confrontos anteriores diante do canadense.

VAVEL Logo