Karatsev faz história, vira para cima de Dimitrov e vai às semis do Australian Open
Foto: Divulgação/ ATP Tour

Nesta terça-feira(16), o qualifier russo #113 Aslan Karatsev surpreendeu mais uma vez nesse Australian Open e venceu o búlgaro #19 Grigor Dimitrov de virada, com parciais de 2/6, 6/4, 6/1 e 6/2, em 2h32.

O russo chegou na semifinal em seu primeiro Slam na carreira, fato inédito na história. Além disso, ele é o primeiro tenista vindo do qualifying que vai tão longe em um Major desde 2000.

No primeiro set, o russo começou bem e logo no terceiro game quebrou o serviço do búlgaro. Mas após essa quebra, Dimitrov entrou na partida e não perdeu mais games no set e virou para 6/2. 

O segundo set foi bastante disputado. No segundo game, Karatsev teve que salvar cinco break points antes de confirmar seu serviço e ainda salvou mais dois no quarto. A primeira chance de quebra à favor do russo veio no quinto game e ele não desperdiçou. Mas a vantagem não durou muito, Dimitrov devolveu a quebra no game seguinte deixando tudo empatado. O russo conseguiu mais uma quebra, dessa vez no nono game e logo depois confirmou seu serviço para empatar a partida. 

Karatsev teve amplo domínio no terceiro set e não deu chances ao búlgaro. O russo conseguiu três quebras, sem muitas dificuldades e venceu o set por 6/1. Após o termino do set, Dimitrov foi para o vestiário receber atendimento médico por conta de um desconforto nas costas. 

No quarto set, o russo seguiu dominando e mais uma vez abriu 4/1 rapidamente. Dimitrov ainda confirmou um game de serviço, mas acabou sendo quebrado mais uma vez no oitavo game e viu o russo vencer o set por 6/2. 

Com a campanha, o russo de 27 anos já garante sua entrada inédita no top 100 da ATP, subindo ao menos 72 posições e alcançando no mínimo o 42º posto.

Na semifinal, Karatsev vai desafiar nada menos que o sérvio #1 Novak Djokovic, que venceu em quatro sets o #7 Alexander Zverev

VAVEL Logo