Bencic supera Gauff após quase três horas em Adelaide e vai à 11ª final da carreira
Foto: Divulgação/Adelaide International

Pela primeira vez desde outubro de 2019, a #12 Belinda Bencic está de volta à uma final. A suíça derrotou em grande partida nesta sexta-feira (26) a jovem #52 Cori Gauff, de 16 anos, nas semifinais do WTA 500 de Adelaide. Bencic anotou 7/6(2), 6/7(4) e 6/2, em 2h48. A cabeça de chave 2 desperdiçou um match point na segunda parcial, mas conseguiu controlar os nervos e garantir a vitória.

Bencic se recuperou de uma quebra atrás no primeiro set e conseguiu levar a decisão para o tiebreak. No game desempate, ela venceu os quatro últimos pontos e conseguiu largar na frente com 7/6(2), em 58 minutos.

Gauff mostrou muito poder de reação na segunda parcial. Bencic abriu 3/0, chegou a sacar para o jogo em 5/3 e teve um match point, mas a estadunidense reagiu e conseguiu sua terceira quebra no jogo, para forçar outro tiebreak. No game desempate, a jovem de 16 anos chegou a abrir 4-0 e depois fechou em 7-4, vencendo o set em 1h12.

Pela quarta vez seguida, Gauff jogou uma partida de três sets em Adelaide, mas, dessa vez, ela não conseguiu sair com a vitória.

Apesar da chance desperdiçada no segundo set, Bencic controlou os nervos e conseguiu uma quebra logo no primeiro game para dar mais segurança. Ela só enfrentou um break point no set, venceu 7/8 pontos com seu segundo saque, e conseguiu se impor para garantir a vitória com 6/2, em 38 minutos.

Mesmo com a derrota nas semifinais, Gauff tem motivos para celebrar. A estadunidense venceu cinco partidas no torneio, incluindo duas no qualifying e vai subir para seu melhor ranking da carreira, o 38º posto. Ela é a jogadora mais jovem entre as 370 melhores do mundo.

Bencic vai em busca de seu quinto título na carreira, o primeiro desde Moscou 2019. Na decisão do Adelaide International, ela encara a #18 Iga Swiatek, que derrotou nas semis a #61 Jil Teichmann.

VAVEL Logo