Popyrin vira contra Bublik em Singapura e conquista primeiro título da carreira
Foto: Divulgação/Singapore Open

Em sua primeira final na carreira, o #114 Alexei Popyrin, 21 anos, conquistou o título do ATP 250 de Singapura. O australiano bateu na decisão o cazaque #46 Alexander Bublik com parciais de 4/6, 6/0 e 6/2, em apenas 1h25, na madrugada deste domingo (28). Este foi o segundo confronto entre os dois, e a segunda vitória de Popyrin.

Popyrin fez uma partida espetacular no serviço. O australiano venceu 94% dos pontos com o primeiro serviço e 76% com o segundo, totalizando apenas seis pontos no saque. No primeiro set, Bublik conseguiu igualar o nível.

Na primeira parcial, os dois perderam cinco pontos cada em seu saque, mas Popyrin quatro deles em um mesmo game, o quinto, e foi quebrado na última vez da partida. Daí para frente, porém, Bublik não conseguiu mais ameaçar o australiano, mesmo com seu tênis pouco convencional.

Popyrin somou 11 aces na partida e só perdeu um ponto no serviço nos últimos dois sets e, apesar de Bublik ter salvo 5/10 break points, não conseguiu resistir ao dia inspirado do rival. O australiano só precisou de 55 minutos para vencer as duas parciais finais e garantir o título do Singapore Open.

Marcas importantes

A campanha leva os dois tenistas aos seus melhores rankings na carreira. Popyrin, em sua primeira final, garante a entrada inédita no top 100. O australiano já havia conseguido no Australian Open sua maior vitória em termos de ranking, contra o #15 David Goffin, e agora vai assumir o posto de 82º melhor jogador do mundo.

Já Bublik fica com seu quarto vice-campeonato na carreira, o segundo em 2021 - em Antalya, no início do ano, ele abandonou a final após apenas dois games contra Alex de Minaur por lesão. Apesar de mais uma decepção em decisões, o cazaque de 23 anos sobe para a 43ª posição do ranking da ATP, dois postos acima de sua melhor marca anterior.

VAVEL Logo