Kvitova elimina Pegula e reedita final de 2018 contra Muguruza em Doha
Petra Kvitová venceu Jessica Pegula no Qatar Open 2021 (WTA / Divulgação)

Após grande campanha no Australian Open, a qualifier #44 Jessica Pegula não resistiu nas semifinais do WTA 500 de Doha. A estadunidense foi batida pela atual vice-campeã, a #10 Petra Kvitova, em dois sets a zero - ambos com parcial de 6/4. A partida, ao todo, teve 1h22, nesta sexta-feira (5). Esta é a terceira final em quatro anos da tcheca no torneio - ela foi campeã em 2018.

Sem estabilidade

Logo no primeiro game, sacado por Pegula, nove pontos - e um break point salvo pela norte-americana. O vento foi um fator importante no jogo, que dificultou a estratégia das duas em diversos momentos.

A partir do terceiro momento, uma rápida de sequência de dois games com serviços rejeitados - uma por cada atleta. A situação voltou a se repetir a partir do sétimo momento, mas foram três games com saques quebrados - o último deles, o nono, teve nove pontos e Kvitova só aproveitou o terceiro break point. No seguinte, a ex-número 2 do mundo sacramentou o 6/4.

Pegula começou com tudo o segundo set. Quebrando o saque de Kvitova no segundo game, ela saiu na frente com 3/0. Eis que, novamente, uma sequência cheia de quebras de serviço aconteceu: foram três consecutivas. No oitavo game, então, a tcheca empatou a parcial em 4/4. Desestabilizada, a estadunidense entregou o nono game do período após nove pontos e, mais uma vez, a campeã de 2018 confirmou a vitória no décimo game por 6/4.

Adversária descansada

A final do Qatar Total Open será entre a tcheca e a #16 Garbiñe Muguruza. Para avançar, a espanhola sequer precisou entrar em quadra. Por conta de fortes dores nas costas, #14 Victoria Azarenka abdicou da partida.

Esta é a reedição da decisão em 2018, que terminou com vitória de Kvitova. A tcheca tem boa vantagem contra a espanhola no confronto direto, com quatro triunfos em cinco confrontos.

VAVEL Logo