Hurkacz faz história, vence Sinner e é campeão do Masters 1000 de Miami
Hubert Hurkacz venceu Jannik Sinner no Masters 1000 de Miami 2021 (ATP / Divulgação)

Em condições normais, os cabeças de chave 21 e 26 são pouco candidatos ao título de um torneio. No Masters 1000 de Miami, entretanto, eles quem fizeram a final do torneio.

No duelo das surpresas, neste domingo (4), #37 Hubert Hurkacz, 24 anos, entrou para a história. Ao vencer #31 Jannik Sinner, ele tornou-se o primeiro polonês a ser campeão de um torneio desta magnitude na história em disputas de simples. Este foi o primeiro confronto entre os dois, e a primeira decisão de Masters 1000 de ambos.

Em 1h46 de jogo, Hurkacz venceu a peleja em dois sets. O primeiro no tiebreak, por 7/6, após 7-4 no momento decisivo. No segundo, mais equilíbrio - e triunfo por 6/4.

Fazendo história

Logo no segundo game (o primeiro sacado por Sinner na partida), a primeira quebra de serviço da peleja. No momento seguinte, o polonês teve dificuldades para confirmar o saque: oito pontos disputados. Sacando mal, Sinner precisou de 12 pontos (e de dois break points) para vencer. No sétimo e oitavo momentos, oito pontos em cada. O polonês perdeu o 11º game, mas, na sequência, o italiano também foi rejeitado. No tiebreak, Hurkacz abriu vantagem de 3-1 - e, depois, foi para 6-2. Administrando a vantagem, ele fechou em 7-4.

Confiante, Hurkacz venceu os quatro primeiros games do segundo set. No quinto, vitória de Sinner após dez pontos - e  salvando dois break points. O italiano ainda reagiu quebrando o saque do polonês no sexto game, mas coube ao polaco fazer 6/4 para entrar para a história do tênis polonês.

Com a campanha incrível, onde bateu Shapovalov, Raonic, Tsitsipas e Rublev até chega à decisão, Hurkacz sobe para o 16º lugar no ranking, sua melhor posição na carreira. Este é seu terceiro título no total - ele também venceu os outros dois em quadras duras nos EUA, em Winston Salem 2019 e Delray Beach 2021.

Sinner também melhora seu melhor ranking da carreira e assume o 22º posto. O italiano de 19 anos é o tenista mais novo entre os 90 melhores do mundo.

VAVEL Logo