Osorio Serrano faz festa em casa, bate Zidansek e conquista título em Bogotá
Foto: Divulgação/Copa Colsanitas

Aos 19 anos, a #180 Maria Camila Osorio Serrano conquistou seu primeiro título no circuito profissional neste domingo (11). A colombiana venceu o título em casa, derrubando a #93 Tamara Zidansek, cabeça de chave 3, na decisão do WTA 250 de Bogotá.

Campeã do US Open de juniores em 2019, Osorio Serrano venceu a eslovena de virada, parciais de 5/7, 6/3 e 6/4, em 2h50. Esta foi a primeira final da carreira da colombiana, que tinha como melhor campanha anterior as quartas de final também em Bogotá 2019.

Esta foi a final mais longa da temporada, com 40 minutos de duração a mais que a decisão do WTA 250 de Melbourne em fevereiro. Osorio Serrano é a tenista pior ranqueada a vencer um título desde Tashkent 2018, quando Gasparyan conquistou o troféu sendo a 299ª do mundo.

O set decisivo foi bastante dramático, com 21 break points no total. Osorio Serrano cedeu mais chances de quebra - 13 no total -, mas só foi quebrada uma vez, enquanto converteu 2/8 chances que teve. No total, a decisão teve 42 chances de quebra, com seis chances convertidas pela eslovena e sete pela colombiana.

No total, a campeã teve quatro aces e nenhuma dupla falta, enquanto Zidansek cometeu 11. Esta foi a segunda final de Zidansek na carreira, e ela perdeu ambas após vencer o primeiro set - a outra foi para Putintseva em Nuremberg 2019.

Com o título, Osorio Serrano sobe para a 135ª colocação do ranking da WTA, sua melhor marca na carreira. Desta forma, ela se torna a segunda melhor tenista da América do Sul, apenas atrás da argentina #45 Nadia Podoroska.

VAVEL Logo