Barty derruba Kvitova e segue firme em Madrid; Badosa supera Bencic e faz festa em casa
Foto: Divulgação/Mutua Madrid Open

A #1 Ashleigh Barty ficou quase um ano fora do circuito por causa da pandemia, mas voltou como se nada tivesse mudado. Nesta quarta-feira (5), ela venceu a oitava partida seguida e derrubou a tricampeã #12 Petra Kvitova nas quartas de final do WTA 1000 de Madrid.

A australiana anotou 6/1, 3/6 e 6/3, em 1h50, na partida que já está se tornando uma das grandes rivalidades atuais. As duas já se enfrentaram dez vezes, com cinco vitórias para cada.

"Eu e Petra nos respeitamos como tenistas, e eu a respeito imensamente como pessoa. Eu amo a pessoa que ela é, e na quadra acho que é mais do que só o resultado. Nós amamos competir e nos testar", disse após a partida.

Esta foi a 24ª vitória de Barty em 27 partidas no ano. Além disso, a australiana venceu pela 12ª vez em 13 jogos que tiveram três sets em 2021.

Festa espanhola

Em busca de sua quarta final em 2021, Barty encara nas semifinais do Mutua Madrid Open a #62 Paula Badosa. Para chegar pela primeira vez à este estágio em um torneio WTA 1000, a dona da casa bateu, pela segunda vez em um mês, a #11 Belinda Bencic.

Badosa anotou 6/4 e 7/5, em 1h51, e conquistou sua terceira vitória sobre uma tenista top 20 na carreira. Ela avança pela terceira vez em 2021 à uma semifinal, e ainda busca sua primeira decisão.

Com a campanha em casa, Badosa vai alcançar sua melhor posição no ranking na carreira, subindo, ao menos, para o 42º posto. A espanhola foi a última tenista a bater Barty em 2021, com uma vitória em sets diretos nas quartas do WTA 500 de Charleston - onde também havia batido Bencic. Ela, porém, espera mais dificuldades desta vez.

"Ela é a número 1 do mundo. Agora ela me conhece, e os melhores do mundo não gostam de repetir erros. Com certeza, eu espero um jogo duro e completamente diferente do de Charleston".

VAVEL Logo