Zverev supera Evans e vai enfrentar Nadal nas semis de Madrid
Foto: Divulgação/ATP Tour

O #6 Alexander Zverev está a um passo da decisão do Masters 1000 de Madrid, na Espanha. O alemão garantiu vaga nas semifinais após vitória sobre o #26 Daniel Evans nas quartas por 2 a 0, com parciais de 6/3 e 7/6(3), em 1h39, nesta quinta-feira (6).

A partida foi bastante complicada para Zverev pois do outro lado tinha um adversário que deu muito trabalho. Evans fazia sua melhor campanha na competição até então, e conseguiu encaixar seu jogo novamente, fazendo o alemão correr atrás da bola também. Ele abusou de dropshots para chamar o oponente para a rede e anotou belas passadas em alguns momentos.

Ainda assim, Zverev se saiu melhor no geral com seu ritmo agressivo. Seu golpe de direita abrindo a quadra teve sucesso em boa parte dos pontos e facilitou a finalização dos mesmos. No final, ele até teve mais erros não-forçados, com 20 a 13, mas anotou um número bem maior de winners, com 29 a 16.

O britânico, inclusive, foi quem saiu na frente com quebra logo no primeiro game do duelo. Porém, a vantagem não durou muito, com quatro games seguidos a favor do alemão. Com 4/1, o campeão do torneio em 2018 ficou tranquilo na parcial e foi questão de tempo para abrir 1 a 0.

No intervalo entre os sets, houve uma pequena pausa pois os árbitros e jogadores sentiram um cheiro de queimado saindo do painel de fundo da quadra. O tempo a mais para descansar e pensar fez Evans voltar ainda mais focado, e ele conseguiu levar o adversário para o tiebreak, mas de nada adiantou. Zverev fechou o desempate em 7-3 e garantiu o triunfo em duas etapas.

O número 6 do mundo fica mais perto de voltar à decisão de Madrid, mas terá pela frente o confronto mais complicado de todos. Seu adversário será o #2 Rafael Nadal, principal cabeça de chave e cinco vezes campeão do torneio. O espanhol avançou às semis após vitória tranquila com um duplo 6/3 sobre o #76 Alexei Popyrin.

Nadal leva boa vantagem no confronto direto até hoje, com cinco vitórias e duas derrotas. Porém, as últimas duas partidas tiveram triunfo do alemão, no ATP Finals de 2019 e Masters 1000 de Paris no ano passado.

VAVEL Logo