Barty e Pliskova superam estreia em Roma com autoridade; Svitolina vira contra Anisimova
Foto: Divulgação/Internazionali BNL d'Italia

Vindo do vice-campeonato em Madrid, a #1 Ashleigh Barty confirmou o grande favoritismo na estreia no WTA 1000 de Roma nesta quarta-feira (12). Após folga na primeira rodada, a australiana derrotou a experiente #665 Yaroslava Shvedova em dois sets na segunda fase do torneio, parciais de 6/4 e 6/1, em 1h19.

Ex-número 25 do mundo, Shvedova disputa o torneio com ranking protegido, depois de ficar mais de três anos fora do circuito entre 2017 e 2020 por causa de lesões e também do nascimento de filhos gêmeos. A cazaque surpreendeu com um quebra logo de cara e chegou a abrir 4/2, mas não resistiu.

Barty venceu 10 dos últimos 11 games da partida, mesmo cedendo cinco break points nesta sequência e sendo quebrada uma vez. Esta foi a 26ª vitória da australiana em 30 jogos no ano.

Nas oitavas de final do Internazionali BNL d'Italia, Barty encara a vencedora do confronto entre a #28 Veronika Kudermetova e a #56 Carolina Garcia.

Pliskova e Svitolina avançam

Com mais facilidade do que se esperava, a atual vice-campeã #9 Karolina Pliskova eliminou na segunda rodada a #47 Anastasija Sevastova. A tcheca anotou 6/2 e 6/3, em apenas 1h13. Este foi o quinto confronto entre as duas, e a quarta vitória da tcheca.

Mesmo inconsistente no saque e sofrendo duas quebras, Pliskova compensou com agressividade nas devoluções. Sevastova só venceu 38% dos pontos no seu próprio serviço e só confirmou o saque três vezes na partida.

Pliskova é atual vice-campeã do torneio (Foto: Internazionali BNL d'Italia)
Pliskova é atual vice-campeã do torneio (Foto: Internazionali BNL d'Italia)

Foram cinco quebras consecutivas no set final, que culminaram na vitória de Pliskova. A tcheca encara agora a vencedora do confronto entre a #10 Petra Kvitova e a #112 Vera Zvonareva.


De virada, a #6 Elina Svitolina superou estreia complicada diante da #39 Amanda Anisimova. Bicampeã do torneio, a ucraniana anotou 2/6, 6/3 e 6/4, em 1h40. Este foi o terceiro confronto entre as duas, e a segunda vitória de Svitolina.

Anisimova terminou a partida com mais pontos vencidos - 79 a 75 -, mas não conseguiu resistir no momento crucial no último set. A estadunidense aproveitou seis de sete break points que teve, mas foi quebrada em 7/11 oportunidades que cedeu, com Svitolina explorando muito o segundo serviço - venceu 22/31 pontos nesta situação.

No set final, Svitolina subiu o nível no saque e, nas suas quatro primeiras passagens no serviço, só cedeu três pontos. Anisimova conseguiu reagir e quebrar quando a ucraniana sacava para o jogo e chegou a abrir 30-15 no game seguinte, mas com uma dupla falta e erros não-forçados, acabou perdendo o serviço e a partida.

Svitolina avança para encarar a vencedora do confronto entre a #12 Garbiñe Muguruza e a #69 Bernarda Pera.

VAVEL Logo