Pliskova derrota Martic e vai à final em Roma pelo terceiro ano consecutivo
Foto: Divulgação/Internazionali BNL d'Italia

Pelo terceira ano consecutivo, a #9 Karolina Pliskova está na decisão do WTA 1000 de Roma. Campeã em 2019 e vice em 2020, a tcheca bateu nas semifinais a #25 Petra Martic em três sets parciais de 6/1, 3/6 e 6/2, em 1h57, neste sábado (15). Este foi o sétimo confronto entre as duas, e a terceira vitória de Pliskova.

Com apenas três pontos perdidos no saque no primeiro serviço, Pliskova não deu chances à Martic, que esteve longe de seu melhor nível. A croata teve dez winners a menos (13 a 3) e nove erros não-forçados a mais (14 a 5). Sem problemas e com três quebras de set, a ex-número 1 fechou em 6/1 após 28 minutos.

No segundo set, porém, Martic voltou com outra postura e não cedeu nenhuma chance de quebra no seu serviço, além de diminuir os erros não-forçados por mais da metade e triplicar os winners. No quinto game, ela ameaçou o saque de Pliskova pela primeira vez, com três break points, que foram salvos,. Mesmo assim, partir daí, a tcheca, com mais problemas no saque, passou a acumular erros e só venceu 7/23 pontos da parcial. A croata venceu os últimos quatro games da série e empatou a partida.

Na parcial final, Pliskova quebrou logo de cara, mas teve problemas no saque no começo - ela salvou três break points no segundo game e foi quebrada no quarto. Depois disso, ela se impôs. A tcheca terminou o set vencendo quatro games seguidos e garantindo a vitória com 6/2.

Esta já era a melhor campanha de Pliskova em qualquer torneio desde Roma 2020, e, com a vaga na final, ela sobe para a oitava posição do ranking, deixando Serena Williams para trás. Ela encara na decisão do Internazionali BNL d'Italia a vencedora do confronto entre as jovens #16 Iga Swiatek e a #35 Cori Gauff.

VAVEL Logo