Em jogo duro, Federer vence Cilic e vai à terceira rodada em Roland Garros
Foto: Divulgação/ATP

O suíço #8 Roger Federer está na terceira rodada de Roland Garros. Nesta quinta-feira (3), mesmo com algumas dificuldades, o ex-número 1 do mundo derrotou o croata #47 Marin Cilic, por 3 sets a 1, com parciais de 6/2, 2/6, 7/6(4) e 6/2, em 2h35.

O resultado manteve a ampla vantagem no confronto direto entre os dois tenistas: são 10 vitórias de Federer em 11 jogos. Os dois já se enfrentaram em duas decisões de Slam - Wimbledon 2017 e Australian Open 2018, ambos com triunfos do suíço

O placar do primeiro set foi mais elástico do que foi o jogo. Após Cilic confirmar o serviço de abertura, o Federer enfileirou duas quebras e cinco games seguidos para abrir 5/1 no placar e no fim, venceu por 6/2.

Contudo, o croata reagiu no set seguinte. Com uma quebra no segundo game, ele abriu 3/0. Com seus bons saques, aproveitando bem os seus serviços, Cilic manteve a vantagem, devolveu o 6/2 e empatou o jogo.

O terceiro set teve mais reviravoltas. O suíço conseguiu uma boa e importante quebra no terceiro game e na sequência, confirmou o saque e abriu 3/1. Mas poderia ter ampliado ainda mais a vantagem se não tivesse desperdiçado quatro chances de quebra de serviço no quinto game. No sexto, levou o troco de Cilic e foi quebrado. No tiebreak, melhor para Federer, que fechou com um belo ace em 7/6(4).

O quarto set começou bastante equilibrado. Até Marin Cilic bobear no quarto game, permitindo assim, o crescimento do suíço na partida. Bom sacador, o croata cometeu uma dupla falta que concedeu a quebra para o suíço, que confirmou o saque na sequência e abriu 4/1.

Com o jogo nas mãos, Federer só precisou manter a regularidade. Ele ainda conseguiu uma última quebra e finalizou a partida com um novo 6/2 e selar sua classificação para a terceira rodada.

O suíço, que e prepara para Tóquio e para a temporada na grama, na entrevista após a partida, falou que a decisão de vir à Paris se preparar foi a decisão correta.

"Não estou preocupado com a questão de recuperação física, apesar de ter um dia a menos de recuperação. Estou utilizando esses jogos longos para verificar onde está meu jogo, como estou. Tomar a decisão de vir à Paris foi realmente muito boa"

Na próxima rodada do Aberto da França, Roger Federe disputa a vaga com o alemão #59 Dominik Koepfer, que chegou nessa fase após bater o americano #33 Taylor Fritz.

VAVEL Logo