Campeã de duplas, Krejcikova elimina Sakkari e é finalista de simples em Roland Garros
Barbora Krejciková venceu Maria Sakkari em Roland Garros 2021 (WTA / Divulgação)

Em um torneio cheio de surpresas, a #33 Barbora Krejcikova venceu #18 Maria Sakkari em Roland Garros 2021 nesta quinta-feira (10) e se garantiu na final do Slam francês. A vitória veio por 2 sets a 1, na quadra central Philippe Chatrier.

O primeiro set teve vitória da tcheca por 7/5. Na sequência, reação da grega: 6/4. No longo terceiro período, vitória da eslava por 9/7 após 3h19 de partida.

Em chaves de simples, a tcheca tem apenas um título, no WTA 250 de Strasbourg, torneio disputado uma semana antes de Roland Garros. Em Slams, a melhor campanha dela tinha sido na última edição do torneio francês, quando foi até as oitavas de final.

Em duplas, ela já venceu cinco Majors - dois femininos (Roland Garros e Wimbledon 2018) e três mistos. Krejcikova ainda está viva na chave de duplas ao lado de Katerina Siniakova - elas enfrentam Linette/Pera nas semis.

Notável evolução

A peleja começou com uma série de três quebras de serviço - a última delas favorecendo Sakkari após oito pontos. Krejcikova voltou a ter dificuldades no quinto game, quando recusou dois break points e precisou de doze pontos para vencer.

A tcheca se redimiu no sexto game: depois de dez pontos, quebrou o saque da grega no segundo break point. Após novas quebras (uma para cada lado) no oitavo e nono momentos, a nova rejeição à grega no 12º game fez com que Krejcikova fizesse 7/5 e fechasse o primeiro set.

Disposta a mudar a partida, Sakkari começou o segundo set em grande fase, recusando a tcheca no primeiro e terceiro games - e dando trabalho no quinto, forçando a adversária a oito pontos no momento. Nem mesmo a derrapada no sexto game, quando foi recusada por Krejcíková após oito pontos, esfriou a grega, que obrigou a adversária a sacar oito vezes no momento seguinte. No décimo game, dez pontos para a cabeça de chave 17 fechar a parcial em 6/4.

Seguindo em grande fase, Sakkari quebrou o saque da adversária no terceiro game da parcial final - e confirmou o seguinte, precisando de dez pontos e recusar um break point. A história mudou no décimo game, quando Krejcíková recusou a grega depois de dez pontos. Nos dois últimos saques de Sakkari, muita emoção: no 14º game, dez pontos e três match points recusados; no 16º sexto (!), mais dez pontos e, no quinto match point, a tcheca fechou a contagem em 9/7.

O que vem por aí

Na final de Aberto da França, Krejcikova enfrentará a russa #32 Anastasia Pavlyuchenkova, que vem de vitória em sets diretos sobre a #85 Tamara Zidansek. A partida acontece no sábado (12), às 10h (horário de Brasília).

VAVEL Logo