Tsitsipas supera Zverev em Roland Garros e vai à primeira final de Slam na carreira
Stefanos Tsitsipas venceu Alexander Zverev em Roland Garros 2021 (ATP / Divulgação)

O #5 Stefanos Tsitsipas fez história nesta sexta-feira (11) e se tornou o primiero atleta da Grécia na decisão de um Slam. Ele derrotou nas semifinais de Roland Garros o #6 Alexander Zverev por 3 sets a 2, em 3h40.

Nos dois primeiros sets, duplo 6/3 a favor de Tsitsipas. Nos dois seguintes, o 6/4 favoreceu Zverev. No desempate, novo 6/3 favorecendo o grego. A partida teve três horas e quarenta minutos de duração.

História escrita

No primeiro game, Tsitsipas teve dificuldades, precisando de oito pontos pare vencer. No seguinte, entretanto, o grego aproveitou o segundo break point para rejeitar o adversário. No nono momento, novos oito pontos para que o cabeça de chave 5 confirmasse o serviço, mas ele alcançou o objetivo - e venceu a primeira parcial em 6/3.

O segundo set começou com Zverev muito bem, vencendo os três primeiros games - quebrando o serviço do grego no segundo e precisando de oito pontos para confirmar o terceiro.

Depois, entretanto, tudo deu errado para o alemão: ele perdeu os seis momentos seguintes, sendo rejeitado no quinto, sétimo e nono games - no primeiro e no último da sequência, foram oito pontos e o grego aproveitou o segundo break point. No fim, 6/3 a favor de Tsitsipas.

Em set com games magros, Zverev começou com dificuldades: no segundo game, precisou de oito pontos para vencer - mas, no terceiro, o alemão rejeitou o grego e abriu vantagem na parcial. No sexto, novos oito pontos e nova confirmação de saque do cabeça de chave 6 - que fechou o set em 6/4.

A história se repetiu no quarto set. Tsitsipas foi rejeitado logo no primeiro game, depois de oito pontos. Foi o suficiente para que Zverev fizesse 6/4 no final da contagem.

O grego, mais uma vez, teve dificuldades no primeiro game do quinto set: foram oito pontos e três break points recusados para que ele vencesse - no quarto momento, entretanto, ele quebrou o saque de Zverev. O grande momento da peleja foi o oitavo do quinto período: foram 14 pontos e quatro break (e match) points a favor de Tsitsipas, mas o alemão se recuperou e confirmou o saque. Na sequência, entretanto, o grego sacou bem e fechou a peleja em 6/3.

O que vem por aí

Na final do Aberto da França, Tsitsipas enfrentará o vencedor do confronto entre o #1 Novak Djokovic e o #3 Rafael Nadal.

VAVEL Logo