Krejcikova supera Pavlyuchenkova em Roland Garros e conquista primeiro Slam em simples
Ela venceu seu segundo torneio em simples na carreira, segundo consecutivo (Foto: Divulgação/Roland Garros)

Em uma final inesperada, a #33 Barbora Krejcikova derrotou a experiente #32 Anastasia Pavlyuchenkova e conquistou o título em Roland Garros 2021. A tcheca de 25 anos anotou 6/1, 2/6 e 6/4 neste sábado (12), em 1h56, na quadra Philippe Chatrier. Esta foi apenas a quinta participação de Krejcikova em chaves principais de simples em Slams.

As duas tenistas tiveram números positivos - Krejcikova teve 34 winners e 31 erros não-forçados, contra 23 e 16 de Pavlyuchenkova, respectivamente. As estatísticas de saque de ambas não foram muito impressionantes, mas a tcheca conseguiu vencer 55% a 49% nos pontos no serviço. A ex-número 1 de duplas salvou 7/12 break points, enquanto a russa evitou 8/14.

No primeiro set, a tcheca mexeu muito a russa, que não conseguiu respostas para a estratégia da rival. Após sair atrás, Krejcikova venceu seis games seguidos para fechar a parcial. Pavlyuchenkova mudou a postura no segundo set, foi mais agressiva e conseguiu igualar o placar. Ela foi quebrada apenas uma vez e teve mais winners (10 a sete) e menos erros não-forçados (seis a 11) para fazer 1 a 1.

Krejcikova foi a primeira a quebrar no set final, no terceiro game, mas Pavlyuchenkova devolveu logo em seguida. No sétimo game, porém, a tcheca conseguiu uma quebra de 0-40, saindo em vantagem apenas vencendo oito pontos consecutivos. A russa chegou a salvar dois match points no nono game e forçou a rival a sacar para o jogo. A campeã de duplas de 2018 titubeou e cometeu uma dupla falta no terceiro mp, mas manteve os nervos no lugar como em todo o torneio e garantiu a vitória.

Estatísticas

Pentacampeã de Slams somando torneios de duplas e duplas mistas, Krejcikova agora vence seu primeiro em simples. Ela é a sexta campeã inédita de Majors seguida em Roland Garros (assim como Swiatek, Barty, Halep, Ostapenko e Muguruza) e a segunda consecutiva que não era cabeça de chave.

Krejcikova é também a primeira tcheca campeã em simples de Roland Garros desde Hana Mandlikova em 1981. Com o título, ela sobe para a 15ª colocação do ranking mundial - sua melhor posição anterior era o atual 33º posto. Este é apenas o segundo título dela de simples - ela venceu Strasbourg justamente uma semana antes do Aberto da França e agora soma 12 triunfos seguidos.

Ela ainda pode vencer também o torneio de duplas feminino pela segunda vez neste domingo (13). Krejcikova joga ao lado de Katerina Siniakova contra Bethanie Mattek-Sands e Iga Swiatek.

Já Pavlyuchenkova, que pela primeira vez passou das quartas de final em um Slam após seis tentativas, vai entrar no top 20 da WTA, no 19º posto.

VAVEL Logo