Rybakina bate Svitolina nas oitavas em Eastbourne; Andreescu e Bencic são eliminadas
Cazaque soma seis vitórias contra tenistas do top 10 na carreira (Foto: Jimmie48/WTA)

O dia foi de várias quedas de cabeças de chave no WTA 500 de Eastbourne. Segunda favorita, a #5 Elina Svitolina foi eliminada pela #21 Elena Rybakina nas oitavas de final nesta quarta-feira (23). A cazaque, quadrifinalista em Roland Garros no início do mês, anotou 6/4 e 7/6(3), em 1h40, e se garantiu nas quartas de final. Este foi o segundo confronto entre as duas, e a primeira vitória de Rybakina.

Svitolina teve mais chances de quebra - nove a seis -, mas só converteu duas, enquanto cedeu três vezes seu serviço na partida. Desses 15 break points, apenas um aconteceu no primeiro set, no nono game, em que Rybakina conseguiu a quebra decisiva.

Na segunda parcial, Rybakina chegou a sacar para fechar o jogo em 5/4, mas Svitolina resistiu. No tiebreak, porém, a cazaque não perdeu nenhum ponto no serviço e garantiu a vitória. Esta foi a sexta vitória da tenistas de 22 anos em 12 confrontos contra tenistas do top 10 na carreira

Nas quartas de final, Rybakina encara a lucky loser #61 Anastasija Sevastova, que vem de vitória de virada sobre a #23 Cori Gauff.

Mais favoritas eliminadas

Cabeça de chave 3, a #7 Bianca Andreescu perdeu em apenas 1h07 para a #27 Anett Kontaveit. A estoniana fechou a partida com duplo 6/3 e se garantiu nas quartas de final do Viking International.

Andreescu, que vinha de sua primeira vitória em chaves principais de torneios de grama na carreira, teve um dia muito ruim no saque, com apenas 50% de pontos vencidos com o primeiro serviço e 25% com o segundo. A canadense só confirmou o saque duas vezes em toda a partida e foi quebrado por Kontaveit em todos os games em que cedeu ao menos um break point.

A próxima adversária de Kontaveit será a qualifier #72 Viktorija Golubic, que venceu nas oitavas duelo suíço contra a #11 Belinda Bencic. Golubic anotou duplo 6/4, em 1h32, e venceu a compatriota pela primeira vez em três confrontos.

Esta é a primeira vez que Golubic vai tão longe em um torneio de grama desde 's-Hertogenbosch 2016 - quando foi eliminada justamente por Bencic nas quartas de final.

Bencic, que vinha de vice-campeonato em Berlim, só conseguiu aproveitar 1/7 break points que teve, e foi quebrada em 3/4 chances que cedeu à rival. Apesar da queda precoce, a suíça vai estar de volta ao top 10 da WTA a partir da próxima semana, substituindo Karolina Pliskova.

Kontaveit e Golubic já se enfrentaram três vezes, e a estoniana venceu todas - a última delas foi em Roland Garros no início deste mês

VAVEL Logo