Ostapenko bate Kasatkina e segue em Eastbourne; Kontaveit e Rybakina também avançam
Foto: Jimmie48/WTA

Em duelo de duas ex-top 10, a #43 Jelena Ostapenko prevaleceu e eliminou a #34 Daria Kasatkina nas quartas de final do WTA 500 de Eastbourne, na Inglaterra. A letã anotou 1/6, 7/5 e 6/2, em 1h48, e garantiu vaga nas semifinais nesta quinta-feira (24). Este foi o quinto confronto entre as duas, o primeiro desde 2017, e a terceira vitória de Ostapenko.

Vice-campeã em Birmingham na última semana, Kasatkina fechou o primeiro set em menos de meia hora, mas Ostapenko reagiu. A letã, mesmo após discutir com uma juíza de linha durante a segunda parcial e ser quebrada quando sacava para o set em 5/4, aproveitou 3/3 break points que teve e empatou a partida.

No set decisivo, mais uma vez, Ostapenko conseguiu três quebras e venceu 59% dos pontos no serviço de Kasatkina para garantir a virada. Esta é a primeira vez que a ex-número 5 do mundo chega às semifinais de um torneio desde o título em Luxemburgo 2019.

Rybakina e Kontaveit superam longos confrontos

A próxima adversária de Ostapenko no Viking International será a #21 Elena Rybakina. A cazaque, quadrifinalista em Roland Garros há duas semanas, bateu nas quartas a lucky loser #61 Anastasija Sevastova também de virada, parciais de 2/6, 7/6(7) e 7/6(5), em 2h32. 

Rybakina salvou dois match points no segundo set, que durou uma hora, e ainda foi quebrada quando sacava para o jogo em 6/5 na parcial final, mas resistiu. A cazaque venceu oito pontos a menos na partida - 121 a 113 -, porém prevaleceu nos momentos decisivos e garantiu a grande vitória.

Ostapenko e Rybakina se enfrentaram uma vez, no WTA de Linz 2019, e a letã venceu por 2 a 0, parciais de 7/5 e 6/1.


Também de virada, a #27 Anett Kontaveit garantiu vaga nas semifinais com vitória sobre a #72 Viktorija Golubic. A estoniana anotou 2/6, 7/6(2) e 7/5, em 2h36. Este foi o quarto confronto entre as duas, e a quarta vitória de Kontaveit.

A partida teve no total 30 break points, com 13 quebras - sete no saque de Kontaveit e seis no de Golubic. A estoniana sofreu muito com seu segundo serviço, principalmente no primeiro set, mas a melhora gradual foi decisiva para garantir a vitória - ela venceu 18% dos pontos nesta situação na primeira parcial, 38% no segundo e 47% no terceiro.

Kontaveit já chegou a sete finais na carreira, mas só tem um título até agora - ‘s-Hertogenbosch 2017, também na grama. Neste ano, ela alcançou a decisão de um dos torneios preparatórios para o Australian Open em fevereiro, mas a final não foi jogada por problemas de calendário.

Nas semis em Eastbourne, Kontaveit encara a italiana #75 Camila Giorgi, que vem de grande vitória sobre a #4 Aryna Sabalenka, cabeça de chave número 1 e campeã em 2018.

VAVEL Logo