Barty bate Blinkova e segue à terceira rodada em Wimbledon; Svitolina cai para Linette
Foto: Divulgação/Wimbledon

A #1 Ashleigh Barty confirmou o favoritismo e abriu os trabalhos na Quadra Central de Wimbledon nesta quinta-feira (1º) com vitória sobre a #89 Anna Blinkova. A australiana anotou 6/4 e 6/3 em 1h32, e garantiu vaga na terceira rodada.

A número 1 do mundo não teve uma atuação tão limpa quando a da estreia contra Suárez Navarro, mas conseguiu se manter no rumo. Barty teve 33 winners e 33 erros não-forçados, sendo nove duplas faltas, e só venceu 40% dos pontos com o segundo saque. A australiana ainda cedeu oito break points e foi quebrada três vezes por Blinkova.

A russa foi a primeira a quebrar no set inicial, mas só confirmou seu serviço três vezes em toda a partida. Apesar de ter salvo 6/15 break points que cedeu, ela foi quebrada em todos os games em que cedeu chances para Barty, o que acabou sendo decisivo para a vitória da australiana.

Na terceira fase, Barty encara a #64 Katerina Siniakova, que vem de vitória de virada sobre a #163 Coco Vandeweghe. A tcheca jogou uma final na grama neste ano, em Berlim, quando perdeu para Kerber.

Svitolina decepciona

Semifinalista da última edição de Wimbledon em 2019, a #5 Elina Svitolina deu adeus logo na segunda rodada. A cabeça de chave 3 perdeu para a #44 Magda Linette em apenas 1h06, parciais de 6/3 e 6/4. Este foi o terceiro confronto entre as duas, e a primeira vitória da polonesa.

Linette foi pouco incomodada no saque, sendo quebrada apenas uma vez, logo no primeiro game da partida. A polonesa venceu 74% dos pontos com o primeiro serviço e 70% com o segundo, enquanto Svitolina teve aproveitamento 72% e apenas 29%, respectivamente.

Além disso, a polonesa foi muito mais agressiva - 28 a oito em winners -, o que Svitolina não conseguiu equilibrar, já que cometeu quase o mesmo número de erros não-forçados - 14 a 15. Esta foi a maior vitória em termos de ranking da carreira de Linette - ela estava vencendo a #1 Barty em Roland Garros deste ano, mas a australiana desistiu no segundo set.

A polonesa já alcançou a terceira rodada em todos os Slams - em Wimbledon, já havia feito isso em 2019 -, mas nunca foi adiante. Na próxima rodada, ela encara a #33 Paula Badosa que vem de vitória sobre a #43 Yulia Putintseva.

VAVEL Logo