Kerber vira e avança para enfrentar Gauff em Wimbledon; Ostapenko e Pavlyuchenkova caem
Foto: Divulgação/Wimbledon

Campeã de 2018, a #28 Angelique Kerber segue embalada em busca do seu segundo título em Wimbledon. A ex-número 1 do mundo eliminou neste sábado (3) a #100 Aliaksandra Sasnovich de virada, parciais de 2/6, 6/0 e 6/1, em 1h17, e se garantiu nas oitavas de final. Este foi o primeiro confronto entre as duas.

Kerber agora soma oito vitórias seguidas, já que vem de título em Bad Homburg na última semana. A partida foi interrompida no primeiro set por causa da chuva, quando Sasnovich liderava por 5/1. Depois da partida ser retomada, a alemã dominou.

Nos últimos dois sets, Kerber só perdeu oito pontos no serviço, não cedeu nenhum break point e ainda teve seis aces. A alemã, que parecia sem respostas para a potência de Sasnovich no início, se impôs e pressionou a belarussa, que não conseguiu reagir.

A ex-número 1 do mundo teve nove winners no segundo set e oito no terceiro, quando não cometeu nenhum erro não-forçado. Kerber precisou de apenas 49 minutos para virar o jogo e garantir a grande vitória.

Gauff segue sem perder sets

A próxima adversária de Kerber é a #23 Cori Gauff, 17 anos. A jovem estadunidense, que teve seu primeiro grande momento na carreira justamente em Wimbledon em 2019, quando tinha 15 anos, avançou às oitavas de final sem perder sets.

Na Quadra Central, neste sábado, Gauff eliminou a #102 Kaja Juvan em apenas 1h06, com duplo 6/3. Este foi o terceiro confronto entre as jovens tenistas no circuito profissional, e a segundo vitória da estadunidense. Esta é a segunda vez em duas participações que a tenista de 17 anos alcança essa fase no Slam britânico.

Gauff conseguiu abrir boa vantagem nos dois sets - 5/1 no primeiro e 3/1 no segundo -, o que dificultou a reação de Juvan. A eslovena, que derrubou Belinda Bencic na primeira rodada, sofreu muito com o segundo serviço - venceu apenas 22% dos pontos nesta situação - e, apesar de números equilibrados, 17 winners e 21 erros não-forçados, não conseguiu incomodar a rival.


Ostapenko cai em jogo polêmico

Outra tenista que vinha embalada de título, a #34 Jelena Ostapenko, campeã em Eastbourne, caiu para a #75 Ajla Tomljanovic. A australiana fechou a partida de virada, parciais de 4/6, 6/4 e 6/2, em 1h50. Este foi o segundo confronto entre as duas, e a primeira vitória de Tomljanovic.

Ostapenko chegou a abrir 6/4 e 2/0 antes da reação de Tomljanovic. Depois desse ótimo início da letã, a australiana ganhou dez dos 12 games seguintes, abrindo grande vantagem no terceiro set. Nesse momento, a ex-top 5 pediu um tempo médico, irritando a rival, que a acusou de não estar sentindo nada.

Após longa pausa, Ostapenko voltou, conseguiu quebrar o saque da rival duas vezes, mas não conseguiu confirmar o seu nenhuma e acabou eliminada.

Após o fim da partida, a letã criticou a postura de Tomljanovic, dizendo que ela "não tinha nenhum respeito". A australiana rebateu afirmando que Ostapenko "sabia do que estava falando".

Em sua 27ª participação em Slams, apenas pela segunda vez, Tomljanovic, 28 anos, consegue chegar até as oitavas de final - a outra foi em Roland Garros 2014. Na próxima rodada, ela encara a wildcard #338 Emma Raducanu, 18 anos, que faz sua estreia em Majors, e vem de vitória sobre a #45 Sorana Cirstea.


Pavllyuchenkova perde para Muchova

Finalista de Roland Garros em junho, a #19 Anastasia Pavlyuchenkova caiu na terceira rodada em Wimbledon para a #22 Karolina Muchova. A tcheca anotou 7/5 e 6/3, em 1h42. Este foi o terceiro confronto entre as duas, e a primeira vitória de Muchova.

Pavlyuchenkova esteve em um dia muito instável no saque e cedeu 18 break points, com sete quebras, além de ter cometido cinco duplas faltas. Muchova ainda teve menos da metade de erros não-forçados - 16 a 34 -, e somou apenas um winner a menos - 20 a 21.

Semifinalista no Australian Open deste ano, Muchova foi eliminada nas quartas de final na última edição de Wimbledon, em 2019. Para tentar ao menos igualar esta campanha, ela vai precisar passar pela #33 Paula Badosa na próxima fase. A espanhola vem de vitória de virada sobre a #44 Madga Linette.

VAVEL Logo