Vivendo melhor fase na carreira, Zidansek bate Zanevska e vai à final em Lausanne
Foto: Mathias Schulz/Ladies Open Lausanne

Cabeça de chave 1 do WTA 250 de Lausanne, na Suíça, a #50 Tamara Zidansek se garantiu na final neste sábado (17). A eslovena derrotou a belga #193 Maryna Zanevska em sets diretos, parciais de 7/5 e 6/3, e avançou à sua terceira decisão no circuito na carreira.

Após a surpreendente campanha em Roland Garros no mês passado, quando chegou até as semifinais, Zidansek caiu na estreia em Wimbledon e na segunda rodada do WTA 250 de Hamburgo na semana passada. Nesta semana, ela teve dificuldades mesmo enfrentando apenas tenistas fora do top 180 até agora, mas avançou à decisão.

O primeiro set foi de muitos altos e baixos. Zidansek cedeu oito break points, mas salvou seis deles. Mesmo assim, Zanevska chegou a abrir 4/2, antes da eslovena reagir. A cabeça de chave 1 foi bem mais eficiente nos momentos decisivos, aproveitando 3/3 chances de quebra e capitalizou nos problemas da belga no segundo saque - ela venceu apenas 1/10 pontos nesta situação e cometeu quatro duplas faltas -, fechando o set em 7/5 após 55 minutos.

No segundo set, as duas melhoraram os seus aproveitamentos no serviço, mas Zidansek foi superior - ela perdeu apenas oito pontos no saque e cedeu somente um break point. Zanevska chegou a salvar um match point quando sacou em 2/5, mas, no game seguinte, a eslovena garantiu a vitória.

O que vem por aí

Com a campanha em Lausanne, Zidansek vai subir no mínimo para o 43º lugar no ranking da WTA - sua melhor marca anterior era o 47º posto. Caso ela vença o título, entra no top 40.

Zidansek vai jogar sua terceira final de simples na carreira - todas no saibro -, a segunda em 2021, mas busca seu primeiro título. Em Nuremberg 2019, foi derrotada por Yulia Putintseva. Em abril deste ano, perdeu para a dona da casa Maria Camila Osorio Serrano em Bogotá.

Na decisão do Ladies Open Lausanne, a eslovena enfrenta a francesa #125 Clara Burel, 20 anos, que vai jogar sua primeira decisão em nível WTA. A jovem venceu nas semifinais sua compatriota, a ex-top 5 e atual #76 Caroline Garcia, de virada.

VAVEL Logo