Mektic/Pavic coroam grande fase com medalha de ouro em final croata nas Olimpíadas 2020
Foto: Divulgação/ITF

Na primeira final de duplas masculinas do tênis entre atletas do mesmo país em mais de 100 anos nos Jogos Olímpicos, os favoritos Nikola Mektic e Mate Pavic levaram a medalha de ouro em Tokyo 2020 nesta sexta-feira (30). Na decisão croata, eles bateram Marin Cilic e Ivan Dodig com parciais de 6/4, 3/6 e 10-6, em 1h38.

Mektic/Pavic não enfrentaram nenhum break point no primeiro set e administraram a vantagem após a quebra logo no primeiro game. Cilic/Dodig ainda salvaram mais cinco bps até o final da primeira parcial, mas não foi o suficiente para levar a série.

No segundo, Cilic/Dodig subiram o nível no saque - perderam apenas nove pontos no serviço no total - e aproveitaram a única chance de quebra que tiveram no sexto game para fechar em 6/3.

Eles, porém, não levaram o momentum para o tiebreak. Mektic/Pavic abriram logo 6-0 e, apesar de uma reação na reta final, com Cilic/Dodig diminuindo para 8-6, os favoritos se impuseram e garantiram o ouro.

Final histórica para a Croácia

A única medalha da Croácia no tênis na história havia sido o bronze de Goran Ivinasevic em 1992. Desta vez, eles levam para casa o ouro e a prata. Na história do tênis olímpico, a única final anterior entre dois representantes do mesmo país nas duplas masculinas havia sido em St. Louis 1904, quando Leonard/Wright bateram Bell/Leroy, representando os EUA.

Este foi o nono título da melhor dupla do mundo somente em 2021, o terceiro consecutivo, e a 11ª final. Mektic/Pavic já somam 14 vitórias consecutivas e agora conquistam o inédito ouro para o país.

Cilic nunca venceu um título em duplas e só tinha jogado uma final, há dez anos em Umag, na Croácia. Já Dodig, ex-número 1 da categoria, soma 16 conquistas no circuito ATP e agora adiciona uma medalha olímpica ao seu currículo.

Após essa final, a Croácia soma três medalhas de ouro em Tóquio e conquista a primeira prata.

VAVEL Logo