Em final russa, Pavlyuchenkova/Rublev vencem Vesnina/Karatsev e são campeões em Tokyo 2020
Pavlyuchenkova/Rublev venceram Vesnina/Karatsev em Tokyo 2020 (Divulgação / COI)

O Comitê Olímpico Russo acabou o tênis como melhor representante da modalidade em Tokyo 2020. Neste domingo (1º), a chave de duplas mistas também foi conquistada por representantes do país: Anastasia Pavlyuchenkova e Andrey Rublev venceram os compatriotas Elena Vesnina e Aslan Karatsev por 2 sets a 1 e ficaram com a medalha de ouro. 

No primeiro set, vitória de Pavlyuchenkova/Rublev por 6/3. No seguinte, Vesnina/Karatsev precisaram do tiebreak para vencer: o 7/6 veio após 7-5 no desempate. No terceiro período, 13-11 a favor dos campeões olímpicos. A peleja teve, ao todo, 1h55.

Os russos levaram três medalhas do tênis para casa - Khachanov ainda foi prata na chave masculina de simples. Por outro lado, Vesnina, que já havia perdido a decisão do bronze para o Brasil nas duplas femininas ao lado de Kudermetova, acabou derrotada em mais uma decisão ao lado de Karatsev - eles haviam sido vices em Roland Garros neste ano.

Final apertada

A partir do terceiro game, sequência de dois momentos quebrados - o terceiro deles, sacado por Pavlyuchenkova e Rublev, teve doze pontos e quatro break points - no quinto game, foram oito pontos e um break point rejeitado ante Elena Vesnina, ouro nas duplas femininas em 2016, e Aslan Karatsev - que tiveram o sexto momento rejeitado. Administrando a vantagem, Pavlyuchenkova/Rublev venceram o primeiro período por 6/3. 

O segundo set não teve quebras de saque, mas teve Vesnina e Karatsev com dificuldades para confirmar os serviços: no primeiro game, foram dez pontos (com um break point recusado); no terceiro, quinto e nono, foram oito pontos. No décimo, Pavlyuchenkova e Rublev sacaram dez vezes (rejeitando dois break points) para confirmar o saque. No tie-break, Vesnina/Karatsev abriram 4-1, tomaram a virada em 5-4 e encerraram o período cravando 7-5.

No desempate, nova vantagem precoce de Vesnina/Karatsev, por 3-1, depois 5-3 e, enfim, 7-4. Na sequência, grande virada de Pavlyuchenkova/Rublev: 9-7 - e, depois, revirada para 10-9. Após nova dianteira invertida para 11-10, enfim a peleja foi finalizada em 13-11.

VAVEL Logo