Sabalenka perde maratona para Badosa em Cincinnati; Azarenka e Barty seguem
Número 31 do mundo já ficou em quadra cinco horas em duas partidas (Foto: Jimmie48/WTA)

Após salvar cinco match points em vitória dramática na primeira rodada diante de Martic, a #31 Paula Badosa superou mais um tiebreak no set final e derrubou a #3 Aryna Sabalenka na segunda fase do WTA 1000 de Cincinnati.

A espanhola venceu de virada, com parciais de 5/7, 6/2 e 7/6(4), em 2h21, nesta quarta-feira (18).

Badosa conquistou sua terceira vitória diante de uma adversária do top 10 em 2021. Apesar de ter mais que o dobro de winners - 41 a 20 -, Sabalenka somou 54 erros não-forçados na partida e 12 duplas faltas. As duas enfrentaram nove break points, com a espanhola conseguindo uma quebra a mais, mas o que acabou decidindo a partida foi que o único ponto perdido no saque no tiebreak foi o da belarussa.

"Ela é uma jogadora espetacular, tem golpes impressionantes, foi um pouco surpreendente no começo. Sabia que tinha que lutar até o último momento e foi isso que fiz", disse Badosa após a partida.

Nas oitavas de final do Western & Southern Open, Badosa encara a #19 Elena Rybakina, que vem de vitória sobre a #16 Elise Mertens. As duas já se enfrentaram duas vezes até hoje, com uma vitória para cada.

Número 1 e atual campeã se encontram nas oitavas

Em sua primeira partida desde o bronze nas duplas mistas em Tokyo 2020, a #1 Ashleigh Barty bateu a qualifier #67 Heather Watson em dois sets apertados. A australiana anotou 6/4 e 7/6(3), em 1h48.

Mostrando um pouco de falta de ritmo, Barty cometeu sete duplas faltas na partida e só venceu 45% dos pontos com o segundo saque. Watson igualou o número de aces - nove a nove - e cometeu apenas uma dupla falta, além de ter salvo 5/8 break point, equilibrando a partida até o final, mas não conseguindo parar a número 1 do mundo.

A próxima adversária de Barty será a atual campeã do torneio, a #15 Victoria Azarenka. A ex-líder do ranking anotou 2 sets a 0 diante da #37 Alison Riske, com parciais de 6/2 e 7/5, em 1h37.

Azarenka só perdeu cinco pontos no saque no primeiro set, fechando em 6/2 após pouco mais de meia hora. Na segunda parcial, porém, o jogo mudou e Riske chegou a sacar em 5/3 para igualar o jogo. A dona da casa, porém, só venceu quatro pontos a partir daí, enquanto a belarussa subiu o nível e garantiu a vitória em sets diretos.

Azarenka venceu edição do torneio disputada em Nova Iorque em 2020 (Foto: Western & Southern Open)
Azarenka venceu edição do torneio disputada em Nova Iorque em 2020 (Foto: Western & Southern Open)

Barty e Azarenka já se enfrentaram três vezes, com vantagem de 2-1 para a australiana. O último confronto foi nas oitavas de final de outro WTA 1000 nos Estados Unidos, em Miami deste ano, com vitória da atual líder do ranking com parciais de 6/1, 1/6 e 6/2 - ela terminou campeã do torneio na Flórida.

VAVEL Logo