Rublev supera duelo apertado com Monfils em Cincinnati; Ruud e Zverev avançam

Em duelo muito equilibrado, o #7 Andrey Rublev derrubou o #22 Gael Monfils nas oitavas de final do Masters 1000 de Cincinnati. O russo anotou 7/6(2) e 7/6(5), em 1h50, em partida disputada nesta quinta-feira (19). Este foi o segundo confronto entre os dois, e a primeira vitória do russo.

Apesar do placar parecido, os sets se desenrolaram de forma diferente. No primeiro, nenhum break point em toda a parcial, até que os serviços começaram a falar no tiebreak. Monfils não venceu nenhum ponto no saque e viu Rublev fechar em 7/6(2), após 50 minutos.

No segundo set, que durou uma hora, foram oito break points cedidos e seis quebras no total. Monfils chegou a ter um set point no saque de Rublev no décimo game, mas este foi o único bp salvo pelo russo. Em novo tiebreak, novamente o cabeça de chave 4 foi mais firme no saque e conseguiu escapar com a vitória.

No começo do segundo set, Monfils pediu um tempo médico após o saque de Rublev - que ele quebrou para fazer 2/0. O russo não gostou e disse que o rival "faz algo sempre que está perdendo". O francês voltou dizendo que esperou o game de serviço do russo para chamar o médico justamente para não perturbá-lo e disse que chegou a vomitar. Ao fim da conversa, porém, eles se cumprimentaram.

Nas quartas de final do Western & Southern Open, Rublev encara o #50 Benoit Paire, que vem de vitórias sobre Kecmanovic, Shapovalov e por último diante do #26 John Isner.

Ruud e Zverev derrubando argentinos

Em grande fase, o #12 Casper Ruud venceu o #14 Diego Schwartzman e se garantiu nas quartas de final. O norueguês soma 16 vitórias em suas 17 últimas partidas no circuito. Diante do argentino ele anotou 6/4 e 6/3, em 1h21. Este foi o sexto confronto entre os dois, e a segunda vitória de Ruud.

Ruud chegou à América do Norte para os Masters 1000 de Toronto e Cincinnati em uma sequência de três títulos seguidos no saibro, mas também vai muito bem na quadra dura. Diante de Schwartzman, ele não enfrentou nenhum break point, venceu 88% dos pontos com o primeiro saque e ainda teve seis aces.

Caso Ruud vença sua próxima partida e Aliassime não seja campeão, ele garante a entrada inédita no top 10.

O próximo desafio de Ruud, porém, será duro. Ele vai encarar o #5 Alexander Zverev, que bateu fácil nas oitavas o #93 Guido Pella. O alemão anotou 6/2 e 6/3, em apenas 1h13.

Zverev somou oito aces na partida e não cedeu nenhum break point. Além disso, ele venceu quase metade dos pontos no primeiro serviço de Pella e conseguiu quatro quebras, ameaçando o serviço do rival em cinco das noves passagens do argentino no saque.

Este será o primeiro confronto entre Ruud e Zverev. Eles teriam se enfrentado este ano nas quartas do ATP 500 de Acapulco, mas o norueguês desistiu por questões físicas. O alemão foi campeão do torneio.

VAVEL Logo