Raducanu surpreende Bencic e vai às semifinais em sua primeira participação no US Open
Foto: Garret Ellwood/USTA

Disputando apenas pela quarta vez um torneio de nível WTA, a qualifier #150 Emma Raducanu garantiu nesta quarta-feira (8) vaga às semifinais do US Open 2021, um dos quatro torneios mas importantes do ano. A jovem britânica derrubou a campeã olímpica #12 Belinda Bencic em dois sets, parciais de 6/3 e 6/4, em 1h25, na quadra central Arthur Ashe.

Após a classificação de Leylah Fernandez às semifinais na terça-feira (7), foi a vez de Raducanu, também de 18 anos, conseguir um resultado histórico. Esta foi a primeira vez na carreira que ela enfrentou uma tenista do top 20.

A jovem terminou a partida com 23 a 19 em winners e apenas 12 erros não-forçados, contra 21 de Bencic. Ela vinha de sete triunfos seguidos, incluindo o qualifying, sem perder sets, e, no maior desafio que enfrentou até hoje na carreira, conseguiu mais uma grande vitória.

Bencic começou a partida com uma quebra e abriu 3/1, mas a britânica reagiu e, muito agressiva, não enfrentou mais nenhum break point no set e venceu cinco games seguidos para fazer 6/3. A suíça teve três break points na segundo game do segundo set, mas não converteu e não ameaçou mais Raducanu até o fim da partida. Uma única quebra no quinto game foi suficiente para a a jovem tomar a dianteira e, com muita personalidade, não largar mais.

O que vem por aí

Raducanu, que chegou à quarta rodada em Wimbledon, na sua estreia em Slams, será a primeira qualifier a jogar as semifinais do US Open na história. Ela ainda é a terceira tenista fora do top 100 a chegar tão longe no torneio, depois de nomes históricos: Billie Jean King, em 1979, e Kim Clijsters, em 2009.

Com a campanha, ela, que nunca tinha entrado no top 100, será no mínimo a 51ª colocada do ranking da WTA na próxima atualização, se tornando a número 1 do Reino Unido.

Agora, Raducanu vai em busca da decisão em Nova Iorque. Sua adversária nas semifinais sai do confronto entre a #4 Karolina Pliskova e a #18 Maria Sakkari.

VAVEL Logo