Murray/Soares vencem Peers/Polásek e vão em busca do bicampeonato do US Open

O Brasil emplacou um tenista na final do US Open 2021. Trata-se de Bruno Soares, que, juntamente com o britânico Jamie Murray, venceu uma das semifinais do torneio por 2 sets a 1. 

Os adversários na partida foram o australiano John Peers e o eslovaco Filip Polásek. Murray/Soares fecharam a partida com parciais de 6/3, 3/6 e 6/4. A partida teve 1h44 de duração.

Soares vai disputar pela quarta vez a decisão do torneio. Na edição passada do mesmo Grand Slam, ele foi o campeão fazendo dupla com Mate Pavic. Já em 2016, Murray/Soares venceram juntos o título em Nova Iorque. Em 2013, o brasileiro foi vice ao lado de Alexander Peya.

Finalistas

Em games majoritariamente curtos (quatro dos nove tiveram seis pontos e foram os maiores), Murray/Soares recusaram o saque de John Peers e Filip Polásek no terceiro e nono momentos, fechando a parcial em 6/3.

O feitiço virou contra o feiticeiro. Justamente no terceiro e nono games, vencidos por eles no período anterior, Jamie Murray e Bruno Soares foram recusados. Pior: no sétimo momento, eles precisaram de dez pontos para confirmar o saque, recusando um break point - embora no quarto tenham forçado Peers/Polásek a oito pontos. No final, novo 6/3 - mas a favor da dupla eslovaco-australiana.

O brasileiro e o britânico novamente tiveram dificuldades no segundo game do terceiro set, quando precisaram sacar oito vezes para confirmar o serviço; no sétimo, entretanto, eles recusaram os adversários e caminharam para a vitória por 6/4.

O que vem por aí

Na final do US Open 2021, Murray/Soares enfrentarão Rajeev Ram e Joe Salisbury, que vêm de vitória sobre Steve Johnson e Sam Querrey.

VAVEL Logo