Murray/Soares saem na frente, mas sofrem virada de Ram/Salisbury e ficam com vice no US Open
Salisbury e Ram venceram um Slam juntos pela segunda vez (Foto: Divulgação / US Open)

A final da chave de duplas masculinas do US Open 2021 começou da maneira ideal para o tênis brasileiro. O final, entretanto, não foi o desejado. Formando dupla com Jamie Murray, Bruno Soares foi derrotado por Rajeev Ram e Joe Salisbury por 2 sets 1.

No primeiro set, vitória de Murray/Soares por 6/3. Nos dois seguintes, a virada anglo-americana veio com parciais iguals: 6/2. A partida teve, ao todo, 1h47.

O brasileiro e o britânico disputaram a decisão juntos pela segunda vez, mas não conseguiram o bicampeonato. Soares era o atual campeão, mas jogando ao lado de Mate Pavic.

Derrota de virada

O primeiro set foi decidido no final, é bem verdade, mas houve disputa nos primeiros instantes. Logo no primeiro game, foram dez pontos para que Murray/Soares confirmasse o saque, recusando dois break points. No quarto, quem sofreu foram Rajeev RamJoe Salisbury, precisando de oito pontos e com um break point refutado. No sétimo (após oito pontos) e no nono momentos, a dupla do brasileiro rejeitou os adversários e venceu por 6/3.

Em games majoritariamente curtos (quatro tiveram seis pontos e foram os maiores), o segundo set logo apontou quem venceria. Rejeitando a dupla anglo-brasileira nos primeiro e terceiro momentos,  Ram e Salisbury recusaram os adversários e caminharam para a vitória por 6/2.

Dois momentos longos selaram o destino do terceiro período. Logo no primeiro, Jamie Murray e Bruno Soares foram rejeitados no quarto break point após dez pontos. No sétimo, foram 12 pontos e, no segundo break point, eles foram novamente recusados. Na sequência, no segundo match point, Ram/Salisbury fecharam o set, a partida e o campeonato em 6/2. Este foi o segundo Slam conquistado pela dupla - o primeiro foi o Australian Open 2020.

VAVEL Logo