Hurkacz vence surpreendente Gojowczyk e é finalista em Metz
Foto: Divulgação/Moselle Open 

É bem verdade que o qualifier #101 Peter Gojowczyk dificultou as ações em uma partida contra um atleta bem melhor no ranking. Mas, no fim das contas, o #13 Hubert Hurkacz confirmou o favoritismo a semifinal do ATP 250 de Metz 2021 por dois sets a zero neste sábado (25).

No primeiro set, 6/4 a favor do cabeça de chave 1. na sequência, o 7/6 veio após 7/4 no tiebreak. A partida teve 1h37 de duração. Esta será a terceira final de Hurkacz no ano e a quarta na carreira - ele tem 100% de aproveitamento até agora.

Favoritismo confirmado

O primeiro set teve equilíbrio até o final. Nos primeiro e terceiro games, foram dez pontos, com um break point recusado por Gojowczyk em cada um deles, para que o qualifier confirmasse o serviço. No quarto e no oitavo, foi Hubert Hurkacz quem recusou um break point. No décimo, enfim, o alemão foi recusado após dez pontos, com parcial de 6/4 a favor do cabeça de chave número 1 do torneio.

Peter Gojowczyk não sentiu o peso do set perdido e conseguiu uma qubera logo no primeiro game do segundo set. No oitavo, porém, o qualifier não segurou: foi rejeitado após oito pontos, no segundo break point. Quase que o polonês quebrou no 12º game, quando teve dois break (e match) points, mas viu o alemão vencer por dez pontos.

No tiebreak, o polonês começou de maneira triunfal, abrindo sonoros 5-1. Administrando a vantagem, ele apenas anotou 7-4 para conseguir fechar o período (e a partida) por 7/6.

O que vem por aí

Na final do Moselle Open, Hurkacz enfrentará #16 Pablo Carreño Busta, cabeça de chave 2, que venceu jogo equilibrado contra o #20 Gael Monfils nas semis, parciais de 7/5 e 7/6(8). Os dois já se enfrentaram duas vezes, com duas vitórias do espanhol - a última no Masters 1000 de Cincinnati, em agosto.

Hurkacz ainda está na decisão de duplas do torneio, ao lado de seu compatriota Jan Zielinski. Eles enfrentam na decisão o monegasco Hugo Nys e o francês Arthur Rinderknech.

VAVEL Logo