Aoyama/Shibahara e Melichar-Martinez/Schuurs estreiam com vitória no WTA Finals
Japonesas venceram Jurak/Klepac em 1h05 (Foto: Divulgação/WTA)

No primeiro dia de disputas no WTA Finals 2021, em Guadalajara, no México, as duplas melhores ranqueadas saíram vencedoras. Nesta quarta-feira (10), as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara, cabeças de chave 2, abriram o grupo B, o Tenochtitlán, com vitória sobre as experientes Darija Jurak, croata, e Andreja Klepac, eslovena. Elas fecharam a partida com parciais de 6/0 e 6/4, em apenas 1h05.

Este foi o segundo confronto entre elas, e a primeira vitória das japonesas. Aoyama/Shibahara só foram quebradas uma vez na partida, e fecharam a partida com mais do dobro de winners - 21 a 10 -, e apenas sete erros não-forçados, dois a menos que Jurak/Klepac.

Melichar-Martinez/Schuurs estreiam bem

Na outra partida da chave, já na madrugada desta quinta-feira (11), Nicole Melichar-Martinez e Demi Schuurs, cabeças de chave 4, passaram tranquilas por Sam Stosur (bicampeã do torneio) e Shuai Zhang. A estadunidense e a holandesa anotaram duplo 6/2, em 1h04.

Stosur/Zhang vinham de 11 vitórias seguidas na temporada - elas venceram o título de Cincinnati e do US Open antes da disputa em Guadalajara.

Este foi o segundo confronto entre elas, e a primeira vitória de Melichar-Martinez/Schuurs. Elas enfrentaram mais break points na partida - dez a oito -, mas só foram quebradas uma vez, enquanto Stosur/Zhang perderam o saque cinco vezes.

O que vem por aí

Na próxima rodada, que acontece na sexta-feira (12), Aoyama/Shibahara encaram Melichar-Martinez/Schuurs, enquanto Stosur/Zhang e Jurak/Klepac buscam a primeira vitória no torneio.

O torneio

O WTA Finals reúne as oito melhores duplas do ano, que são divididas em dois grupos de quatro e jogam entre si antes das semifinais e final. A brasileira Luisa Stefani estaria na disputa, mas teve que encerrar a sua temporada de forma precoce por causa de uma lesão grave no joelho.

VAVEL Logo