Thiago Wild e Matheus Pucinelli caem na segunda rodada do ATP 250 de Santiago
Foto: Rydell/Donoso/Aljaro/Chile Open

Campeão em 2020, o #135 Thiago Seyboth Wild foi eliminado nas oitavas de final da edição de 2022 do ATP 250 de Santiago, no Chile. O brasileiro, que recebeu um convite para disputar o torneio, perdeu para o #115 Yannick Hanfmann por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/3, em 1h06, nesta quinta-feira (24).

Thiago Wild não conseguiu quebrar o saque de Hanfmann na partida, apesar de ter três break points, todos no segundo set. O alemão, que fechou a primeira parcial em apenas 26 minutos, venceu 89% dos pontos com o primeiro serviço e, sem dar muita abertura para o brasileiro, garantiu a vitória com tranquilidade.

Por causa da pandemia, Thiago Wild ainda defendia os 250 pontos do título de 2020. Com a eliminação precoce, o brasileiro vai despencar mais de 80 posições no ranking mundial e deixar o top 200.

Leia mais:
Ex-namorada acusa tenista Thiago Wild de abusos e pressão psicológica

Hanfmann segue para enfrentar o #72 Pedro Martínez, que vem de vitória em 3h30 em duelo espanhol contra o #93 Jaume Munar.

Pucinelli perde mais uma vez para Kecmanovic

Após conquistar sua primeira vitória em nível ATP diante do #88 Holger Rune, o #264 Matheus Pucinelli, que superou o qualifying, perdeu para o sérvio #63 Miomir Kecmanovic, em parciais de 6/2 e 6/0, em 1h05.

Esta foi a segunda vitória de Kecmanovic sobre Pucinelli em duas semanas, já que os dois também haviam se enfrentado no qualifying do Rio Open.

Kecmanovic esteve inabalável no saque e não cedeu nenhum break point para Pucinelli. O sérvio só perdeu 11 pontos no serviço em toda a partida e, mesmo com o brasileiro encaixando 76% do seu primeiro saque, venceu 56% dos pontos nesta situação e avançou para um triunfo seguro.

Com a campanha em Santiago, Pucinelli, 20 anos, vai subir 24 posições no ranking mundial e se tornar o número 4 do Brasil.

Nas quartas de final do Chile Open, Kecmanovic encara o #113 Alejandro Tabilo, que vem de vitória sobre seu compatriota e atual campeão #27 Cristian Garin, com duplo 6/3.

VAVEL Logo