Fritz bate Rublev nas semis em Indian Wells e vai à maior final da carreira
Foto: Divulgação/ATP

Nas semifinais do Masters 1000 de Indian Wells, o #20 Taylor Fritz bateu o #7 Andrey Rublev e garantiu vaga à sua maior final da carreira até hoje. O dono da casa venceu o russo por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 6/4, em 1h47, neste sábado (19). Este foi o quinto confronto entre eles, e o terceiro triunfo do estadunidense.

Fritz começou o jogo em um ritmo alto e não foi ameaçado no saque até servir para o jogo. Rublev, que vinha de 13 vitórias seguidas, superou um game de mais de 20 pontos sacando em 1/4, e conseguiu quebrar o dono da casa no décimo game, igualando a parcial.

Sacando em 5/6, porém, Rublev desperdiçou cinco game points e viu Fritz garantir a vitória no seu terceiro set point, fazendo 7/5, em uma hora. O russo ficou furioso após a parcial e socou a raquete, machucando a mão, que chegou a sangrar.

O segundo set começou com os dois confirmando o serviço sem problemas até o oitavo game, quando Rublev salvou o primeiro break point da parcial. Na sequência, o russo teve duas chances de quebrar Fritz, mas não conseguiu. Novamente servindo para continuar no set, o cabeça de chave 7 venceu um ponto insano em 15-30, mas cometeu um erro feio de forehand na sequência e Fritz, que havia pedido atendimento médico, aproveitou o primeiro match point para assegurar a vaga na decisão.

O que vem por aí

Fritz é o primeiro estadunidense na final de simples de Indian Wells desde 2012, quando John Isner foi vice para Roger Federer. O último dono da casa campeão foi Andre Agassi em 2001.

Com a campanha, Fritz garante entrada inédita no top 15 da ATP. Se ele for campeão, assume o 13º posto. Ele vai à sétima decisão na carreira, e busca o segundo título - o único até agora foi em Eastbourn 2019.

Na decisçao do BNP Paribas Open, o estadunidense encara o vencedor do confronto espanhol entre o #4 Rafael Nadal e o #19 Carlos Alcaraz.

VAVEL Logo