Murray domina na estreia em Madrid e volta a bater Thiem após sete anos
Foto: Divulgação/ATP

Em duelo pesadíssimo na primeira rodada do Masters 1000 de Madrid, o #78 Andy Murray bateu o #91 Dominic Thiem nesta segunda-feira (2). O ex-líder do ranking mundial derrotou o austríaco com parciais de 6/3 e 6/4, em 1h43, na quadra central Manolo Santana.

Esta foi a primeira vitória de Murray contra Thiem em sete anos, desde confronto nas quartas de final do Masters 1000 de Miami. No total, este foi o quinto encontro entre eles, e o terceiro triunfo do britânico.

Longe de sua condição ideal, Thiem perdeu sua quarta partida desde o retorno ao circuito, depois de ficar nove meses fora de ação tratando uma lesão no pulso. O ex-número 3 do mundo soma, no total, sete derrotas seguidas e não vence uma partida desde o Masters 1000 de Roma, em maio de 2021. Vice-campeão na capital espanhola duas vezes, o austríaco foi semifinalista em Madrid no ano passado e, com a queda precoce, vai despencar para a 160ª colocação do ranking da ATP na próxima atualização.

Esta foi a primeira partida de Murray no saibro desde Roland Garros 2020. Mesmo assim, o britânico, bicampeão do torneio, dominou física e tecnicamente um adversário ainda em busca de sua forma. O britânico não foi quebrado nenhuma vez, somou nove aces e, com uma quebra em cada set, garantiu a vaga à segunda rodada.

O que vem por aí

O adversário de Murray na segunda fase do Mutua Madrid Open sai do confronto entre o #16 Denis Shapovalov e o lucky loser #46 Ugo Humbert.

VAVEL Logo