Alcaraz atropela Zverev e fecha semana mágica com título em Madrid
foto: Divulgação/AtpTour

O nome mais comentado do tênis mundial em 2022 é sem dúvida o #9 Carlos Alcaraz, de 19 anos, A estrela espanhola conquistou nesse domingo (8) o título do Masters 1000 de Madrid. Na decisão, Alcaraz precisou de apenas uma hora para derrotar o atual campeão #3 Alexander Zverev. O dono da casa marcou 6/3 e 6/1.

Este o segundo troféu consecutivo em casa - pouco mais de duas semanas atrás, ele venceu o ATP 500 de Barcelona.

Na semana em que completou 19 anos, Alcaraz teve provavelmente a semana mais encantadora de sua vida e uma das maiores de um tenista na era aberta, já que foi o primeiro tenista a bater Nadal e Djokovic em sequência no saibro.

Além disso, ele é o primeiro desde 2007 a vencer três jogadores do top 4 na mesma competição (#4 Nadal, #1 Djokovic e #3 Zverev).

Vitória incontestável

Com início nervoso de ambos os lados, Zverev tentava criar superioridade sobre o rival em seu serviço, uma de suas armas mais letais, mas esbarrava em um Alcaraz que  tinha paciência e qualidade pra se defender bem e que demonstrava muito repertório para atacar o alemão, variando entre bolas curtas e longas e sabendo explorar ao melhor nível sua direita. Jogando um tênis afiado, o espanhol conseguiu vencer o primeiro set com uma única quebra no sexto game, sendo letal em uma das poucas chances que o alemão cedeu, marcou 6/3 e foi à segunda parcial com ainda mais confiança.

Na retomada do jogo, Zverev até que começou bem confirmando seu serviço no primeiro game, mas, depois disso, só deu Alcaraz. O espanhol começou a ter o controle da partida e dominar o combate. Ele melhorou ainda mais em relação ao bom primeiro set que fez, e empurrado pela torcida espanhola nas arquibancadas, venceu os seis games seguintes, marcou 6/1 e se tornou o mais jovem vencedor do torneio na história.

Em primeiro lugar, estar aqui jogando esse torneio que frequento desde os 7 anos de idade faz com que seja ainda mais especial. Não tenho palavras para descrever o que sinto agora, ao trabalho da minha equipe que está comigo desde os meus 15 anos. E obrigado por todos presentes em Madrid. Você fizeram um ambiente espetacular”, disse o campeão, emocionado.

Alcaraz também foi exaltado ao fim da partida por Zverev, que disputou a decisão do torneio pela terceira vez e perdeu a primeira. “Quero parabenizar Carlitos. No momento, você é o melhor jogador do mundo” disse o atual campeão olímpico. “É ótimo para o tênis que tenhamos uma superestrela tão nova que vai ganhar tantos Grand Slams, que vai ser o número 1 do mundo e que vai conquistar este torneio muitas mais vezes”.

VAVEL Logo