Jabeur segue embalo e busca virada incrível contra Sakkari em Roma; Teichmann abandona
Foto: Divulgação/WTA

Em fase iluminada, a #7 Ons Jabeur buscou uma virada incrível diante da #4 Maria Sakkari nas quartas de final do WTA 1000 de Roma, na Itália. A tunisiana perdeu 11 dos primeiros 14 games da partida, mas ainda assim venceu de virada, parciais de 1/6, 7/5 e 6/1, em 2h03, nesta sexta-feira (13).

Este foi o terceiro confronto entre elas, e a segunda vitória de Jabeur. Sakkari só precisou de 34 minutos para vencer o primeiro set por 6/1 e chegou a abrir 5/2 no segundo. A tunisiana, porém, não desistiu. A grega sacou para o jogo duas vezes, no sétimo e nono games, mas não chegou a oportunizar nenhum match point.

Após o começo ruim, Jabeur chegou a vencer oito games seguidos, fechando a segunda parcial e abrindo 3/0 na terceira. Sakkari só teve mais uma chance de quebra até o final da partida, enquanto a tunisiana foi ficando cada vez mais cheia de confiança e conseguiu a virada com autoridade, fechando a partida com o dobro de winners (28 a 14).

"Na minha cabeça, quando estava 2/5 atrás, eu disse: 'você não pode terminar essas semanas incríveis desse jeito'. Isso que me incentivou. Estou muito feliz que consegui a vitória no fim", disse Jabeur após a partida.

Jabeur, que vem de título em Madrid, está em sua maior sequência de vitórias na carreira, com dez. Além disso, a tunisiana é a segunda com mais vitórias em 2022, com 24, apenas atrás da #1 Swiatek, que tem 33.

Kasatkina conta com desistência

A adversária de Jabeur nas semifinais do InternazionalI BNL d'Italia será a #23 Daria Kasatkina, que vencia por 6/4 e 3/2 quando a #29 Jil Teichmann desistiu. A partida durou 1h18.

A partida foi muito equilibrada e com mais quebras (oito) do que confirmações de serviço (sete). Teichmann foi a primeira a abrir vantagem, em 2/1, mas não conseguiu mais nenhum game no seu saque até o fim da primeira parcial.

A segunda parcial não teve quebras nos quatro primeiros games, mas Teichmann acabou perdendo o saque de 0-40 no 2/2, logo após receber atendimento médico fora de quadra por um problema na perna esquerda, e abandonou na sequência.

Esta é apenas a segunda vez na carreira que Kasatkina, ex-top 10, chega às semifinais de um torneio da série WTA 1000. A outra foi em Indian Wells 2018, quando ela foi vice-campeã, perdendo a final contra Naomi Osaka.

Rivalidade equilibrada

Jabeur e Kasatkina se enfrentaram cinco vezes até hoje. A russa venceu as duas primeiras, mas a tunisiana vem de três vitórias seguidas no confronto direto.

Em abril, elas se enfrentaram em Stuttgart, e Jabeur venceu com duplo 6/3. Além disso, as duas já se enfrentaram duas finais: em Moscou 2018, com vitória de Kasatkina, e na grama de Birmingham no ano passado, onde a tunisiana venceu seu primeiro título na carreira.

VAVEL Logo