Ostapenko conta com desistência de Raducanu e volta à final do WTA 250 de Seul
Foto: Divulgação/Hana Bank Korea Open

Após cinco anos, a #19 Jelena Ostapenko volta à decisão do WTA 250 de Seul, na Coreia do Sul. A letã avançou após desistência da #77 Emma Raducanu no terceiro set, quando ela liderava por 4/6, 6/3 e 3/0, em 1h43, na madrugada deste sábado (24).

Raducanu jogou sua segunda semifinal na carreira, a primeira desde o título do US Open 2021, e chegou à esta fase sem perder nenhum set. No primeiro set, Ostapenko abriu 2/0, mas a britânica mostrou mais consistência nos ralis e venceu seis dos últimos oito games para sair na frente, com 6/4.

No segundo set, Raducanu foi quem teve a primeira quebra para liderar por 2/1, mas não segurou e viu Ostapenko reagir. Depois do quinto game, a britânica deixou a quadra para receber atendimento médico e não conseguiu mais competir em alto nível.

Ostapenko fechou a segunda parcial em 6/3, abriu 3/0 com duas quebras no terceiro e acabou avançando com desistência da rival. No total, a letã somou 40 a 14 em winners e 29 erros não-forçados, sete a mais que a britânica. A justificativa oficial para o abandono de Raducanu foi uma lesão no glúteo.

Decisão definida

Ostapenko jogará pela 13ª vez uma final de nível WTA, a terceira em 2022 - ela foi campeã em Dubai e vice em Eastbourne.

A decisão do Hana Bank Korea Open colocará frente a frente as duas principais cabeças de chave do torneio. Ostapenko encara a #24 Ekaterina Alexandrova, que bateu nas semifinais a #80 Tatjana Maria por 2 a 0. As duas já se enfrentaram seis vezes até hoje, com vantagem de 4 a 2 no confronto direto para a russa.

VAVEL Logo