Teliana Pereira vence um set, mas leva virada de Stephens em Madri

Número um do Brasil perdeu em três sets para a 21ª colocada no ranking da WTA

Teliana Pereira vence um set, mas leva virada de Stephens em Madri
Stephens sofre, mas passa por brasielira/ Foto: Clive Brunskill/ Getty Images
Teliana Pereira
1 2
Sloane Stephens

Neste sábado (30), a tenista brasileira Teliana Pereira foi derrotada por Sloane Stephens do Estados Unidos por dois sets a um, com parciais de 3/6 6/3 e 6/2, em disputadas duas horas e um minuto de partida. Com a vitória, a 21ª colocada no ranking da WTA avançou à segunda rodada do WTA Premier de Madri, na Esapanha.

Stephens é a 16ª cabeça de chave da competição e na próxima rodada espera a vencedora do confronto entre a romena Patricia Maria Tig e a russa Daria Kasaktina, de apenas 18 anos. A tenista da Rússia é a 32ª no ranking, já Tig é a 134 do mundo e recebeu o convite da organização.

"Joguei bem certinho no primeiro set. Mas depois a Stephens mudou um pouco a maneira de jogar e começou a se impor mais. Continuei bem, mas faltou um pouco mais." disse Teliana após a derrota e completou: "Estou precisando de uns jogos para embalar."

O jogo foi decidido nos detalhes: enquanto a norte americana teve 56% de seus pontos no primeiro serviço confirmados, a pernambucana teve 48%. Já em relação ao segundo serviço, Teliana superou Stephens com 55% contra 44%.

Atual 84ª colocada no ranking, Teliana vinha de derrota nas oitavas de final do WTA International de Rabat, no Marrocos, para a sueco Johanna Larsson - 69ª do mundo - por dois sets a zero, por duplo 6/4. O próximo compromisso da brasileira na temporada será o WTA Premier de Roma, na Itália.

O WTA Premier de Madri, na Espanha, ocorre entre os dias primeiro e oito de maio de 2016. O Mutua Madrid Open distribui $4,771,360 dólares de premiação, além de 1000 pontos no ranking da WTA. Buscando o título estão Anieszka Radwanska da Polônia, Angelique Kerber da Alemanha, Garbine Muguruza da Espanha, Victoria Azarenka da Bielorrússia, Petra Kvitova da República Tcheca, Simona Halep da Romênia, Roberta Vinci da Itália e Carla Suarez Navarro da Espanha.