Diego Schwartzman bate Dimitrov de virada e conquista primeiro título da carreira em Istambul

O argentino chegou a salvar matchpoint contra na partida

Diego Schwartzman bate Dimitrov de virada e conquista primeiro título da carreira em Istambul
Schwartzman levanta troféu de Istambul/ Foto: ATP/ Divulgação
Diego Schwartzman
2 1
Grigor Dimitrov

No dia de hoje, 1⁰, o argentino Diego Schwartzman, número 87 do ranking, enfrentou o búlgaro, 29, Grigor Dimitrov pela final do ATP 250 em Istambul. Este foi o primeiro confronto entre eles. Dimitrov buscava seu primeiro título desde 2014 e Schwartzman disputava para tentar vencer seu primeiro título de ATP em sua primeira final.

A primeira parcial contou com serviço abaixo do mediano entre os dois tenistas. O argentino ganhou menos de 50% dos pontos quando sacava tanto com o primeiro quanto com o segundo serviços enquanto o búlgaro venceu 50% com seu primeiro saque e apenas 25% com o segundo. Com isso, o set contou com um total de quatro quebras para cada tenista levando o  set para o tie break. Dimitrov levou vantagem e levou a primeira parcial ao ganhar por 7 a 5 no game decisivo.

No segundo set não foi muito diferente. O serviço de ambos tenistas continuou abaixo do mediano fazendo com que o argentino vencesse apenas 18 dos 39 pontos jogados em seu serviço e o búlgaro ganhasse 23 dos 47. Dimitrov chegou a sacar para a partida, mas o argentino conseguiu quebrá-lo e empatar em 5 a 5. Após quebrar novamente o serviço de seu adversário, Schwartzman sacou para o set e não confirmou seu serviço, levando a parcial para o tiebreak. Dimitrov aproveitou com 100% de eficiência as chances de quebra que teve, mas, em compensação, teve seu serviço quebrado três vezes também em seis oportunidades do argentino.

Um dado curioso sobre o game decisivo foi a quantidade de serviços não confirmados. Os seis primeiros pontos foram a partir de minibreaks até que Schwartzman conseguiu abrir a vantagem de 6 a 4 na parcial e, em sua primeira oportunidade de set point, com uma bola na rede de Dimitrov, o argentino venceu o set e empatou a partida em 1 set a 1.

Dimitrov sentiu a perna esquerda durante a partida, mas, após assistência médica, optou por continuar ao invés de desistir. Apesar disso, o búlgaro se estressou e quebrou duas raquetes durante o jogo. O fim do segundo set já contava com 2h23.

A parcial decisiva foi representada por um búlgaro diferente do que vinha apresentando até então. Schwartzman perdeu apenas três pontos com seus games de serviço enquanto o número 29 do ranking pontuou cinco vezes com seu primeiro saque e nenhuma vez com seu segundo. Assim, o argentino não teve dificuldades para aproveitar as três oportunidades de quebra que teve.

No sexto game da última série, Dimitrov sacava para tentar se manter na partida e, ao menos tentar furar o pneu (quando o adversário vence set por 6 a 0)  que parecia estar por vir. Sacando em 40 a 30, o búlgaro saiu de quadra dando a entender que iria trocar sua raquete, mas quebrou a mesma levando assim à sua terceira advertência durante o jogo e fazendo com que perdesse o game. Logo, Schwartzman levou o último game fazendo com que vencesse a última parcial por 6 a 0 e se tornasse assim campeão em Istambul com parciais de 67 (5) 76 (4) 60 em 2h47.

O argentino já tinha muito carinho da torcida após ter ter perdido em uma disputa duríssima com o suíço número três, Roger Federer em uma das semifinais do ano passado e agora ter vencido seu primeiro título de ATP 250 em sua primeira final. Com esse resultado, Diego Schwartzman subirá 25 posições no ranking e a partir de segunda-feira, 2, estará ranqueado na posição de número 62.