Djokovic vence Murray e é campeão do Masters 1000 de Madri

Sérvio perdeu apenas um set durante o torneio

Djokovic vence Murray e é campeão do Masters 1000 de Madri
Foto: Getty Images
Novak Djokovic
2 1
Andy Murray

Novak Djokovic, líder do ranking, enfrentou no dia de neste domingo (8) o britânico número dois, Andy Murray, pela final do Masters 1000 de Madrid. Este foi o 32º confronto entre os dois tenistas, com 22 vitórias para o sérvio.

Djokovic precisou de 2h06 para vencer o britânico e assim alcançar seu 29º título de Masters 1000 na carreira. Com essa vitória, o número um volta a ser mais uma vez o maior detentor de títulos desta modalidade passando o espanhol número cinco, Rafael Nadal que possui 28.

O detentor de 11 Grand Slams chega à marca de 64 títulos na carreira empatando com Björn Borg, ex tenista sueco, e o ex tenista americano, Pete Sampras.

A primeira parcial iniciou com o sérvio quebrando o serviço do escocês duas vezes e abrindo vantagem de 4 a 1 no placar. Com cada tenista confirmando seu saque, Djokovic sacou para o set com bolas novas e fechou por 6 a 2.

Nenhum dos dois tenistas cometeu duplas faltas e Murray teve vantagem em número de aces; três a dois. O sérvio teve grande vantagem no percentual de pontos vencidos com seus serviços. O britânico ganhou apenas um ponto com seu segundo saque alcançando a marca de apenas 17%. Djokovic disparou nove bolas vencedoras contra nenhuma.

A segunda série contou com o número dois abrindo 4 a 1 após conseguir uma quebra. Apenas administrando a vantagem, sacou em 5 a 3 e, confirmando seu serviço, venceu a segunda parcial por 6 a 3. O britânico pontuou nove vezes com bolas vencedoras contra cinco do sérvio e cometeu oito erros não forçados contra 11. Djokovic alcançou a marca de apenas 33% de pontos ganhos com seu segundo saque.

O set decisivo contou com o líder do ranking abrindo vantagem de 2 a 0 no placar, mas, ao cometer uma dupla falta, Murray empatou a partida em 2 a 2. O sérvio mais uma vez quebrou o game do escocês abrindo 5 a 3. Ao sacar para liquidar a partida, Djokovic se deparou com o número dois do ranking tendo três chances de quebrá-lo. O número um conseguiu empatar o game em 40 iguais.

Em um game atípico que durou mais de dez minutos, o britânico teve sete chances de devolver a quebra de saque, mas, no fim, o número um conseguiu confirmar; vencendo o terceiro set e a partida. Murray não venceu nenhum ponto com seu segundo saque.

O próximo torneio que ambos participarão será o Masters 1000 de Roma que iniciou no dia de hoje (8).